RECADO AOS VISITANTES:

Olá! O blog está de férias, mas já estou trabalhando em novas postagens. O Sushi POP voltará a ser atualizado no dia 1 de agosto (terça), no período da tarde.

O que vem por aí:
- Ultraman Geed, Novo Lobo Solitário, resultado da convocação para trabalhos acadêmicos e mais!

Esteja aqui para conferir. Até breve!

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Kamen Rider N. 1 - O trailer final

"O Último Dia de Takeshi Hongo" é a chamada do novo
cartaz japonês do filme. Será o fim ou um recomeço?
Saiu o trailer completo do filme Kamen Rider No 1, produção comemorativa dos 45 anos da franquia Kamen Rider, com foco no precursor da extensa linhagem de super-heróis.

A nova chamada anuncia "O Último Dia de Takeshi Hongo", o que pode significar uma despedida em grande estilo do ator ou até do personagem. Além dele, os heróis da temporada atual, os Kamen Riders Ghost e Specter, também estarão na batalha contra a ameaça de Nova Shocker e seus monstros e soldados. A aventura deve ter um tom mais intimista e focado nos dramas dos personagens, um contraponto aos filmes-evento com dezenas de Riders que, de tão comuns, já não chamam mais a atenção do grande público.


 

É ótimo ver a Toei Company colocando como nome principal de um filme de heróis o já idoso Hiroshi Fujioka (Takeshi Hongo/ Rider 1), sendo que ele é carismático e apresenta um vigor excepcional. E no dia de hoje, 19 de fevereiro, ele completou 70 anos de idade e a Toei escolheu exatamente esta data para divulgar o trailer final da produção. Além de comemorar a franquia, o novo filme também presta homenagem a um dos mais icônicos atores de ação japoneses. 

A direção é de Osamu Kaneda, com roteiro de Toshiki Inoue e do próprio astro Hiroshi Fujioka. Kaneda não é um diretor capaz de ousadias ou de criar cenas memoráveis, sendo que seu estilo burocrático e previsível se encaixa bem em produções ligeiras e divertidas para a TV. Teria sido bem interessante ter um diretor de ponta como Koichi Sakamoto ou Keita Amemiya nesse filme, mas a força da produção deverá estar na história e na atuação de Fujioka. 

O elenco tem também os nomes de Shun Nishime (Takeru Tenkuuji/ Kamen Rider Ghost), Ryosuke Yamamoto (Makoto Fukami/ Kamen Rider Specter) e Ren Osugi (Embaixador Inferno). 

Kamen Rider No 1 vai estrear nos cinemas japoneses no dia 26 de março próximo, no tradicional sistema de temporadas curtas e itinerantes chamado de Road Show

Saiba mais sobre o filme
- Site oficial: www.superhero-movie.com

11 comentários:

Michel disse...

Parece ser um filme legal, irei ver na estréia. Interessante que o Ren Osugi vai reviver o Jigoku Taishi, desde o filme do Decade. Será que vão citar o 2-Gō?

Usys 222 disse...

No Showa vs Heisei deu para sentir que é melhor chamar pouca gente mesmo e focar neles. Então boto fé neste filme.
E o Rider se move bem, apesar de parecer pesado. Mais uma vez a Toei usa a regra do "fica bonito quando se move".

Mas considerando a característica principal do Ghost fico bem apreensivo com essa de "O Último Dia de Takeshi Hongo". Tomara que seja só jogada de marketing. E fico feliz em ver que vai ser do tipo "passagem de legado", pela última frase do Takeru no trailer, ao invés de lutas sem sentido entre os heróis.

Ale Nagado disse...

E aí, Usys!! Agora que você falou, fiquei pensativo. Pode ser mesmo que o Rider 1 passe desta para melhor em algum momento do filme e se comunique com o Ghost. Mas não acredito que o personagem vá morrer em definitivo, apesar de achar que vai acontecer algo bem intenso no filme.

Pode ser um recomeço, talvez uma passagem de legado bem marcante, não sei. São só especulações. A certeza que eu tenho é que quero bastante ver esse filme. Vamos aguardar.

Abraço!

Basara Nekki disse...

Olá Nagado,

É uma justa homenagem a um ícone na história dos tokusatsus. Espero que a Toei também faça algo do tipo para os Super Sentais, e a Tsuburaya para os Ultras.

Não tenho acompanhado tokusatsus ultimamente, mas acho que pode ser a última aparição do ator e não do herói, até pela idade do Hiroshi Fujioka. O mesmo princípio valeria para todos os atores veteranos, já na casa dos 70 anos.

O que os produtores podem fazer futuramente é a inclusão da "versão remake" (e seus respectivos atores) na "cronologia principal". Afinal, o herói é eterno. Quem vai interpretar é problema dos produtores e roteiristas.

Até mais.

Ale Nagado disse...

Oi, Basara Nekki.

A Tsuburaya tem utilizado seus atores veteranos em várias produções. Susumu Kurobe fez sua última aparição como Hayata no filme Ultraman Saga, de 2012. E ele tinha 74 anos, um recorde que ainda não foi quebrado. Mas ele não era o protagonista do filme e fez apenas uma pequena participação. Mesmo no filme Ultraman Mebius & Ultraman Brothers (2006), que tem participação intensa dos quatro Ultras veteranos (Man, Seven, Jack e Ace), o nome principal do elenco era o do jovem Shunji Igarashi.

Agora, ter o Hiroshi Fujioka como ator principal aos 70 anos é realmente algo surpreendente. Mas ele é um ator renomado no Japão, fez filmes nos EUA, tem uma carreira estabelecida e muita gente deve achar estranho terem demorado tanto para chamá-lo de volta à ação, coisa que só aconteceu pra valer no filme Heisei Rider x Showa Rider, em 2014.

Sobre os remakes de "Kamen Rider The First" e "The Next", parece que a Toei desconsidera eles para efeito de cronologia. Mas como eles vivem mudando isso, não arrisco nenhum palpite.

Abraço!!

Eduardo disse...

Eu assisti o trailer e fiquei empolgado. Achei o visual do Kamen Rider 1 bem legal. Acho incrível que um ator idoso, na casa dos 70 como o Hiroshi Fujioka ainda tenha fôlego para fazer um personagem como um Kamen Rider. Nem sabia que ele fez filmes americanos. Isso mostra o carisma dele e o legado que o primeiro Kamen Rider (de 1971) tem.

Vamos ver se esse filme vale a pena.
Abraços!

Bruno Seidel disse...

Eu confesso que ver o Takeshi Hongo aos 70 anos dando o seu "Rider Henshin" me fez sentir uma emoção diferente de tudo que eu já tinha sentido. E não sei dizer exatamente o porquê (será um pressentimento??).
A atenção que estão dando pro Fujioka nesse filme é bem superior e justa à que foi dada no Heisei versus Showa. O filme dessa vez é dele! O cara do filme é ele!
Aliás, é bem provável que ele seja o "personagem do ano". E olha que esse é "o ano".

Ale Nagado disse...

Fala, Bruno! Se nós já estamos ansiosos pra ver esse filme, imagine lá no Japão quem cresceu vendo Kamen Rider, quem acompanhou a série clássica...

Faz tempo que não tenho expectativa de ver um filme de Kamen Rider, mas desta vez vou procurar assistir.

Abraço!

Ale Nagado disse...

Eduardo, uma coisa que achei interessante é que o roteirista é Toshiki Inoue, um cara que fez um bom trabalho em Jetman e várias outras produções. E ele trabalhou com o próprio Hiroshi Fujioka na elaboração do enredo. Estou muito curioso. Como já comentei, preferia um diretor mais renomado para o filme, mas espero que Osamu Kaneda dê conta do recado.

Abraço!

Robinson Oliveira disse...

Sugoi!!!
Um filme interpretado pelo Hiroshi Fujioka, batendo seus 70 anos e transformando no Kamen Rider 1 é algo realmente diferenciado. já deveria ter acontecido. Estou aguardando com bastante expectativa, adoro o tema Kamen rider, já acompanhei vários episódios do Kamen Rider 1 e V3, séries completas do Black, RX, Kuuga, Agito e Kabuto, infelizmente não consegui completar Wizard e Fourze("esses dois últimos não ajudaram").
Parabéns a TOEI.

Ale Nagado disse...

Robinson, se nós que não acompanhamos a série do Kamen Rider original estamos na expectativa, imagine lá no Japão os fãs de longa data.

Bem que poderiam soltar mais um trailer, mas esse que mostrei aqui já deixou todo mundo na maior curiosidade em ver o filme.

Abraço!