RECADO AOS VISITANTES:

Olá! O blog está de férias, mas já estou trabalhando em novas postagens. O Sushi POP voltará a ser atualizado no dia 1 de agosto (terça), no período da tarde.

O que vem por aí:
- Ultraman Geed, Novo Lobo Solitário, resultado da convocação para trabalhos acadêmicos e mais!

Esteja aqui para conferir. Até breve!

sábado, 10 de maio de 2014

Dicas da blogosfera - 13

Ultraman ganha livro contando as muitas
turbulências envolvendo a franquia
Esporadicamente, indico aqui artigos, ensaios ou resenhas publicadas em outros blogs que abordem algum aspecto da cultura japonesa, ou mesmo blogs inteiros, conforme o caso. 

Desta vez, leituras imperdíveis sobre o lado não muito bonito dos bastidores das séries Ultra e um registro interessantíssimo sobre como o jazz conquistou os japoneses. Finalmente, uma indicação de blog pra quem quer ficar sempre em sintonia com as novidades. 



Livro revela sujeiras
e trapaças envolvendo
a Tsuburaya Pro.
1) O lado negro dos bastidores de Ultraman
Um dos maiores personagens da cultura pop japonesa é Ultraman e a Família Ultra representa uma das mais importantes franquias infanto-juvenis japonesas. No entanto, como acontece em toda produção, ainda mais de uma marca tão antiga, as histórias de bastidores acumulam situações não muito agradáveis. A Tsuburaya Pro, que não pertence mais aos herdeiros do diretor Eiji Tsuburaya, tem o lado negro de sua trajetória revelado pela primeira vez ao público. 

Ultraman ga naiteiru
(ou "Ultraman está chorando") é o título do livro escrito por Hideaki Tsuburaya, neto de Eiji, onde ele narra os primórdios do estúdio e como ele se tornou um grande fracasso comercial, apesar do êxito artístico do início. Há revelações surpreendentes, como a de que a maioria das séries, apesar da grande audiência, deu prejuízo por conta de prazos e orçamentos estourados e má gestão administrativa. 

O livro ganhou uma bela resenha pelo blogueiro Usys222, em seu blog Casa do Boneco Mecânico - Anexo, derivado de seu blog principal

Surpreenda-se: Ultraman está chorando

O músico Sadao Watanabe e o
Primeiro-Ministro Shinzo Abe
2) As origens do jazz japonês
Em algumas ocasiões, indiquei aqui no Sushi POP músicas e artistas de jazz nipônico. Esse estilo musical, surgido nos EUA no início do século XX tem enorme aceitação musical no Japão e há todo um cenário artístico que encontra um mercado consumidor fiel. Se você conheceu aqui nomes como Ray Yamada, fox capture plan, Acacia Orchesta, Platina Jazz e Three Primary Colors, talvez não imagine como o jazz conquistou corações no Japão a ponto de ter sido usado até mesmo em diversas trilhas sonoras de animês e seriados tokusatsu. Com uma já longa história no Japão, o jazz faz parte da cultura musical nipônica e isso aparece em sua cultura popular. 

Por indicação do amigo Kauê, da coluna Otakismo do portal Chuva de Nanquim, li um interessante artigo da coluna a blog supreme com uma entrevista em inglês que conta sobre essa relação do jazz com o Japão. 

Surpreenda-se:  How Japan came to love jazz ("Como o Japão veio a amar o jazz")



3) Para fãs e leitores hardcore
Eis um blog antenado com as novidades e em constante atualização. O blog Leitura Oriental, que eu conheci recentemente, é um blog focado em mangá e animê, com espaço para cultura japonesa e muitas curiosidades relacionadas. Também traz muitas resenhas e dá uma geral em assuntos abordados na blogosfera ligada em cultura pop japonesa, com muitos links sendo divulgados frequentemente, algo ideal pra quem não tem tempo de ficar navegando muito atrás de novidades.

Surpreenda-se: Leitura Oriental

4 comentários:

Natália Maria disse...

Dicas sempre boas que nem sempre eu consigo acompanhar. Dessa vez, irei dar um chance e olharei o blog Leitura Oriental, pois já conheço o ChuNan e não sou tão chegada assim no Ultraman (só conheço o Ultram Tiga).

Até mais

Renato Urameshi disse...

Olá Nagado!

Ficamos muito felizes aqui pela indicação que fez de nosso site. É uma honra estar sendo "apadrinhado" pelo SushiPop.

E adorei a matéria que fizeram sobre o ultraman, esse livro realmente eu ainda não tinha conhecido.

Obrigado! Abraço!

Ale Nagado disse...

Oi, Naty! O Leitura Oriental é bacana, sim. Uma boa descoberta pra ficar antenado com as novidades da área.

Fala, Renato! Não precisa agradecer. Eu que tenho que agradecer pelo convite de parceria na divulgação.

Abraços!

Usys 222 disse...

Saudações, Alexandre Nagado. E obrigado por divulgar a matéria!
Acho que todos os fãs das séries Ultra queriam saber disso tudo, por mais desagradável que isso fosse. Mesmo assim, acho que muita gente já sabia disso tudo ou desconfiava.
E é bom ver que existem tantos sites e blogs sobre a Cultura Pop Japonesa. Antigamente esse assunto era relegado a nichos, mas fico feliz em ver que está se expandindo.