RECADO AOS VISITANTES:

Olá! O blog está de férias, mas já estou trabalhando em novas postagens. O Sushi POP voltará a ser atualizado no dia 1 de agosto (terça), no período da tarde.

O que vem por aí:
- Ultraman Geed, Novo Lobo Solitário, resultado da convocação para trabalhos acadêmicos e mais!

Esteja aqui para conferir. Até breve!

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Kamen Rider e os falsos cartazes - A incrível arte de Yoshihito Sugahara

O Kamen Rider original: tudo a ver
com a atmosfera dos filmes B
No Japão, existe uma luxuosa revista para adultos fãs de tokusatsu, ficção científica e fantasia. É a Uchusen - The Magazine of Sci-Fi Images, da editora Asahi Sonorama. Entre 2003 e 2004, suas edições traziam, no final, uma página colecionável com uma magnífica arte realista do designer e ilustrador Yoshihito Sugahara para deixar fãs do primeiro Kamen Rider empolgados. 

O chamado Sugahara Fake Project simulava a aparência de antigos cartazes de cinema, tentando recriar a atmosfera dos clássicos filmes B para "anunciar" episódios da série de TV, exibida entre 1971 e 73. O resultado era de encher os olhos e fazia um tributo a um seriado que realmente tinha suas similaridades com os filmes B de terror e ficção científica: muita criatividade, ousadia e uma produção bem tosca, mesmo para a época. 

Apesar de reproduzir de forma realista a fisionomia dos atores, o trabalho não menciona os nomes deles, apenas os dos personagens. Isso foi feito por questão de direitos autorais, todos pertencentes à Toei Company e Ishimori Pro

No verso de cada página, comentários e artigos escritos pelo próprio ilustrador, com muitas informações e descontração. Em um desses artigos, ele relembrou que o ano de 1971 foi também o ano do lançamento do famoso macarrão Cup Noodle e também o da abertura do primeiro McDonald´s em solo japonês, entre outras curiosidades. 

Famoso por ilustrações promocionais feitas com Ultraman, Kamen Rider e Bruce Lee, entre outros, Sugahara realiza pinturas cheias de técnica realista e movidas a nostalgia. Para quem conhece quadrinhos de super-heróis, impossível não associar seu trabalho ao do americano Alex Ross. Infelizmente, Sugahara não faz HQ, dedicando-se totalmente às suas ilustrações, que são muito valorizadas.

Criativa e com ilustrações muito boas, a série de cartazes foi uma grande e justa homenagem a uma das mais influentes séries de TV já produzidas no Japão. 

Três "falsos cartazes" com o traço realista de Yoshihito Sugahara
Yoshihito Sugahara - Site oficial

Curiosidades:

Hiroshi Fujioka, ou melhor,
Takeshi Hongo,
o primeiro Kamen Rider
* A série original de Kamen Rider teve 98 episódios e apresentou, na verdade, dois heróis. O primeiro, Takeshi Hongo (o ator Hiroshi Fujioka) ficou até o episódio 13, quando o astro se acidentou e precisou se licenciar das gravações. Ao invés de trocar o ator, os realizadores criaram uma justificativa para que o herói se afastasse, tendo sua luta contra a organização maligna Shocker assumida pelo personagem Hayato Ichimonji (o ator Takeshi Sasaki), o segundo Kamen Rider. Mais tarde, Hongo se recuperou e voltou ao seu lugar. Seu sucessor se afasta, mas acaba voltando, para a alegria do público. Depois de algumas lutas em conjunto, os heróis formam uma dupla no final da série. 

* No início, o visual dos dois Kamen Riders era igual, mas depois passou a ser diferenciado pela cor de luvas e botas - brancas para o primeiro, chamado de Kamen Rider Ichi-Gou e vermelhas para o segundo, chamado de Kamen Rider Ni-Gou. As faixas ao longo dos braços e pernas também passaram a diferenciá-los. São faixas duplas para o Ichi-Gou e faixas únicas para o Ni-Gou. 

* Somente duas séries Kamen Rider tiveram correspondente em mangá assinadas pelo autor Shotaro Ishinomori. A saga original, em 1971, e o Kamen Rider Black, em 1987. 

* Após a morte de Ishinomori em 1998, a Toei retomou a franquia Kamen Rider em 2000 e, de lá para cá, tem lançado um personagem após o outro, cada vez mais distante dos conceitos originais. Atualmente, o nome Kamen Rider é apenas um título que interliga personagens dentro de uma marca conhecida e com alguns elementos similares. 
Black Kamen Rider:
Outra bela arte de
Yoshihito Sugahara
Bônus!
Assista, com legendas em inglês, ao primeiro episódio de Kamen Rider, exibido originalmente em 3 de abril de 1971. O início já dá o tom sombrio e violento. A produção é notadamente inferior a Ultraman e o estúdio Toei buscava compensar a falta de recursos com drama e lutas mais impactantes que os concorrentes, lembrando que Kamen Rider foi contemporâneo a O Regresso de Ultraman e Spectreman. Funcionou bem e estabeleceu uma linhagem de sucesso que perdura até hoje. Veja antes que tirem do ar, pois é legenda feita por fã.

Kamen Rider - O primeiro episódio (1971)

5 comentários:

Bruno Seidel disse...

Nossa! Que interessante! Não sei como você consegue desenterrar tanta raridade. Hehehehehehehe

E as ilustrações do Yoshihito Sugahara são realmente incríveis.

Ale Nagado disse...

Fala, Bruno!

Eu assinava a Uchusen na época em que saiu esse material. É uma revista sensacional, repleta de matérias interessantes, como a B-Club, que foi tema de outra postagem. A Uchusen foi fonte de muita informação para mim, mesmo tendo um conhecimento limitado. Imagine se eu tivesse conhecimento avançado do idioma. Mas eu chego lá.

Abraço!

Rogério disse...

Boa noite Nagado,

Belos cartazes realmente.

Lembrei do grande Alex Ross, mas sabe o que me ocorreu imediatamente?
A lembrança daqueles grandes cartazes que os antigos cinemas de rua tinham em suas fachadas. Parece uma abordagem "espetaculoza" semelhante.

E seria bacana ver uma HQ com este estilo, mas mesmo o Alex Ross faz muitos poucos quadrinhos hoje. Infelizmente.

Novamente uma postagem fascinante Nagado.

Ale Nagado disse...

E aí, Rogério!

Essa era a ideia do Fake Project: Recriar a atmosfera dos antigos cartazes de cinema, bem chamativos, espalhafatosos. Foi uma sacada muito legal.

E se você curtiu a arte do cara, não deixe de visitar o site oficial dele, que eu indico na postagem. Logo na página inicial, miniaturas de várias ilustrações.

Abraço!

Robinson Oliveira disse...

Fantástica arte!!!
Yoshihito Sugahara, transmite o espirito de bravura do kamen Rider, gostei muito.
O trabalho do Black está demais.
Mande mais Nagado!!! rsrsrsrsrs...