RECADO AOS VISITANTES:

Olá! O blog ainda está de férias, mas já estou trabalhando em novas postagens. O Sushi POP voltará a ser atualizado no dia 1 de agosto (terça), no período da tarde.

O que vem por aí:
- Ultraman Geed, Novo Lobo Solitário, Katokutai, Pinóquio de Osamu Tezuka, Danger 3, resultado da convocação para trabalhos acadêmicos e mais!

Esteja aqui para conferir. Até breve!

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Boletim 44 - Surge Ultraman Ginga

   Ultraman Ginga   
Foi anunciado no Japão o mais novo personagem da franquia Ultraman. Trata-se de Ultraman Ginga (leia "Guinga", que significa "Galáxia"), um herói um tanto diferente dentre os que compõem a saga. 

O alter ego humano do personagem é, pela primeira vez, um estudante colegial. Ele enfrenta muitos problemas ao ser transferido de escola. Seu nome é Hikaru Reidou, vivido pelo ator Takuya NegishiEm vários aspectos, a apresentação do personagem se assemelha ao Kamen Rider Fourze, da concorrente Toei Company

O enredo revela que uma misteriosa força cósmica transformou muitos guerreiros Ultra e monstros em cápsulas parecidas com ovos e os espalhou pelo Universo. Obviamente, alguns desses "Ultra Eggs" chegam à Terra e podem se tornar uma grande ameaça se caírem em mãos erradas. Quem os encontrar, poderá revertê-los às suas formas e poderes originais. 

Quando monstros e alienígenas malignos chegam à Terra, o jovem Hikaru se torna o mais novo Ultraman, ao descobrir o artefato Ginga Spark. Ele irá utilizar os Ultra Eggs em sua luta para salvar a Terra e o fará sem a ajuda de algum grupo de combate a monstros, uma das marcas das séries Ultra. Os fãs podem esperar muitas aparições de monstros clássicos e, claro, de alguns Ultras. 

Os primeiros Ultra Eggs já foram lançados no final de 2012, mas a aposta é que se tornem uma febre entre as crianças após a estreia de Ginga. 

Com esse esquema de cápsulas que liberam monstros e heróis gigantes, dá pra imaginar algo semelhante a Pokémon, lembrando que a série dos monstrinhos de bolso se baseou (mas nunca admitiu) numa ideia da série Ultraseven (de 1967). Nela, o herói Dan Moroboshi usava monstros lutadores que cresciam ao serem liberados das cápsulas que ele transportava. 
Ultra Egg: Novo caça-níqueis colecionável
com heróis e monstros da franquia Ultraman
Ginga irá aparecer dentro de Shin ("Novo") Ultraman Retsuden ("Biografias"), série que entrará em nova temporada. Retsuden é composto de seleções de filmes e episódios da saga Ultra, mas apresentou também uma série bastante interessante formada por curta-metragens de 3 minutos estrelados por Ultraman Zero

Ultraman Ginga irá aparecer em um dos blocos do programa, o que indica que terá bem menos que meia hora por episódio. Já o tema dos Ultra Eggs, "Yuuki no tamago" ("Ovo da coragem") está sendo lançado no Japão nesta semana pelo grupo Voyager, a banda oficial da produtora Tsuburaya

Os primeiros 6 episódios serão exibidos em julho e agosto. Mais 5 virão em novembro e dezembro. Dois especiais serão exibidos em eventos em setembro deste ano e em algum ponto da primavera de 2014. Shin Ultraman Retsuden deverá ter apenas 13 programas, mas ainda espera-se o anúncio de um novo filme para cinema, visto que o mais recente, Ultraman Saga, teve boa bilheteria, tendo ficado em quarto lugar no ranking de estreias de seu país em 2012. 

Shin Ultraman Retsuden irá estrear no Japão às 17h30 do dia 10 de julho, o "Dia do Ultraman". Nesse mesmo dia, em 1966, o primeiro Ultraman foi apresentado no Japão em um especial de TV que antecedeu o primeiro episódio (que seria exibido em 17/07/1966). 

O personagem se tornou um dos mais importantes personagens da cultura pop japonesa, misturando ficção científica, fantasia, drama, humor, questionamentos filosóficos (sim, havia isso nas séries originais) e ação. Ainda tem enorme relevância e boas obras sendo produzidas, mesmo que seja mais usado atualmente para vender brinquedos.
(Fonte: Sci-fi Japan)

Ano de comemorações - Neste ano, a Tsuburaya Pro, que não é mais administrada pelos herdeiros do diretor Eiji Tsuburaya, está comemorando 50 anos e vai dar destaque para sua maior propriedade. Não é a primeira vez que a produtora se volta para o passado e monta uma série para promover sua ampla linha de brinquedos. Sobre isso, o estúdio tem superado as expectativas, renovando conceitos e dando um tratamento sofisticado em suas produções, com mais cuidado e zelo pelo passado do que a Toei Co., que troca atores e muda cronologias sem o menor pudor. Várias produções têm sido boas surpresas, com um grau de elaboração e acabamento acima da concorrência. De repente, vem coisa interessante por aí.


A série de biografias Ultra inicia nova
fase, com um novo personagem

10 comentários:

Rogério disse...

O visual é bem bacana.

É bom ver que Ultraman continua a todo vapor, embora eu sempre tenha sido mais fã de Ultraseven.

Talvez seja uma impressão distorcida, uma memória inventada à la Borges, mas eu tinha a sensação de que Ultraseven era "mais Ficção Científica".

Ale Nagado disse...

Rogério, eu realmente gostei bastante do design. É limpo, tem inovações visuais e ao mesmo tempo mantém o aspecto geral de um Ultra clássico.

Realmente, Ultraseven tinha um pique mais para ficção científica do que Ultraman. Não que Ultraman não tivesse seus grandes momentos como série de FC, mas nesse quesito, Ultraseven leva vantagem nos roteiros.

Abraço!

Rogério disse...

Muito obrigado por responder Nagado.

Depois da série clássica, se produziu algo novo com Ultraseven?

Ale Nagado disse...

Sim, Ultraseven é de longe o personagem da franquia Ultra que mais aparições teve após o final da série clássica.

Depois de participações em O Regresso de Ultraman, Ultraman Ace e Ultraman Tarô, Ultraseven volta regularmente em Ultraman Leo. Na verdade, Dan Moroboshi, depois de seriamente ferido por inimigos, acaba ficando na Terra e se torna líder do Esquadrão MAC e mentor de Ultraman Leo.

Entre 1994, teve duas aventuras especiais para TV e depois 3 minisséries para vídeo/DVD em 1998, 99 e 2002. Nessa fase anos 90, as aventuras se passam num mundo onde somente Ultraseven veio à Terra.

Depois, voltam a fazer aventuras do "Universo Ultra" e Seven está lá, obviamente. Ele também participou de todos os longas para cinema dos Ultras desde 2006, fora aventuras para vídeo. E não esqueçamos que Ultraman Zero, principal personagem da franquia desde 2009, é o filho de Seven.

Individualmente, Ultra Seven é o mais cultuado personagem dentre os Ultras. Com toda a razão.

abs!

Rogério disse...

Obrigado por responder.

Preciso achar um jeito de assistir tudo isto.

Unknown disse...

pena que nós brazucas não assistiremos, essa série promete muita emoção, gostei do visual, obrigado por manter-nos informados sobre o mundo ultra...

Bruno Seidel disse...

Sei não mas esse Ginga aí me lembrou demais aquela jogada comercial da Tsuburaya em 1999 chamada ULTRAMAN NICE. Era um "novo Ultra" que nada mais foi do que um personagem exclusivamente criado pra vender brinquedos licenciados. Nice aparecia em comerciais que eram exibidos durante as reprises do Ultraman Tiga. Quem o vê nas listas cronológicas até chega a acreditar que ele teve uma série própria ou um especial pra cinema/video... mas não foi nada disso. E o Ginga parece não estar muito longe disso. Terá só uma dúzia de micro-episódios dentro desse programa chamado Ultraman Retsuden. Eu confesso que esperava mais. Queria ver uma série de verdade, ou então um filmão pra cinema (como foram os do Zero).

Ale Nagado disse...

Sabe o que me dá esperança de que o Ginga seja bacana? O Ultra Zero Fight. Eu não apostava nada em uma série de episódios de 3 minutos. Mas eles são ótimos e estão sendo compilados em DVD. Produção de ótimo nível e eu espero que o Ginga tenha essa qualidade. É claro que eu gostaria de uma série de duração padrão, mas devem estar fazendo isso pra economizar.

E aposto que logo vão anunciar algum longa. O do Saga ficou em quarto lugar nas bilheterias, fez sucesso e dificilmente vão demorar muito pra anunciar outro filme. Só espero que não tenha AKB48 dessa vez.

Abraço!

Bruno Seidel disse...

Olá! Assisti hoje ao último episódio do Ginga (a primeira série, com 11 episódios). Felizmente, achei muito mais legal do que poderia imaginar. O lance do Ultra Egg, no fim das contas, foi substituído por Spark Dolls, que são bonequinhos mesmo. Um lance que lembra muito as ranger keys dos Go-Kaiger. Me parece que a Tsuburaya anda trabalhando com o orçamento no limite, pois o número pequeno de episódios, a pouca quantidade de monstros (apenas um vilão inédito na série inteira) e poucos atores dão a entender que estão adotando a filosofia "less is more". Isso não significa que a série é ruim: muito pelo contrário!! Uma das coisas que eu mais curti foi ver o Ultraman Taro de volta atuando como uma espécie de mentor do jovem Hikaru Raidou. No último episódio da série (atenção: spoiler!!) Taro volta ao seu formato normal (gigante) e entra em ação pra ajudar Ginga na batalha decisiva contra o vilão Dark Lugiel. Como de costuma, a Tsuburaya faz finais emocionantes e capazes de empolgar seus fãs. Nesse ponto, a franquia dos Ultras está a anos luz da concorrente Toei (com raras exceções como Jaspion e Jetman). Acho que nunca vi um final RUIM numa série Ultra. Os fãs mais saudosistas provavelmente também irão curtir ver monstros clássicos como Red King, Ragon e Tyrant de volta à tela. Agora estou a fim de ver o Ginga S, a continuação direta da série.

Ale Nagado disse...

Fala, Bruno!

Bom saber que gostou. Só vi um episódio, então ainda não tenho opinião formada sobre o Ginga. Mas outros dois colegas falaram bem da série. Então, uma hora vou dar uma chance.

Abraço!