RECADO AOS VISITANTES:

Olá! O blog está de férias, mas já estou trabalhando em novas postagens. O Sushi POP voltará a ser atualizado no dia 1 de agosto (terça), no período da tarde.

O que vem por aí:
- Ultraman Geed, Novo Lobo Solitário, resultado da convocação para trabalhos acadêmicos e mais!

Esteja aqui para conferir. Até breve!

quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Used to be a child - Astros J-pop celebram a infância

A primeira vez em que músicos de renome se uniram para um projeto de caridade foi no Concert for Bangladesh, organizado em 1971 pelo ex-Beatle George Harrison. Em termos de gravação, os ingleses também foram os pioneiros com Do They Know It´s Christmas, canção de 1984 que reuniu grandes astros do pop-rock de seu país e inspirou a criação do icônico USA For Africa, com sua canção We Are The World, em 1984, com dezenas de popstars ainda mais famosos. Vez por outra, projetos assim acontecem em várias partes do mundo.

No Japão, a primeira grande iniciativa desse naipe foi o projeto Used to Be a Child, criado para financiar projetos para melhorar as condições de desenvolvimento das crianças. Acima de tudo, para conscientizar o povo japonês sobre o valor sagrado da infância e da vida, uma celebração do nascimento de cada criança. Sete astros do J-pop se uniram para dar forma ao projeto. Com letra e melodia escritas em parceria entre Ryo Aska (da dupla Chage and Aska) e Kazumasa Oda (ex-Off Course), foi lançada em fevereiro de 1993 a canção Bokura ga umareta ano hi no you ni (ou “Como no dia em que nascemos”), tema da campanha "Welcome Baby". Para a gravação, Aska e Oda cantaram junto com Koji Tamaki (da lendária banda Anzen Chitai), Mari Hamada, Carl Smoky Ishii (da Kome Kome Club), Hideaki TokunagaJunko Yamamoto (ex-Akai Tori e Hi-Fi Set).

Um único single foi lançado e a canção não obteve grande repercussão, apesar dos grandes talentos envolvidos, estando quase todos em um grande momento da carreira.

Fica aqui o registro desse trabalho que, se não causou grande mobilização, ao menos rendeu uma boa canção e serviu de exemplo para outros artistas de seu país se engajarem em causas humanitárias.




Um comentário:

Anônimo disse...

Uma linda música para uma causa nobre. Gostei muito.