sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

Começando 2019, o Ano do Porco!

As férias do blog acabaram e é hora de retomar as atividades!
Super Pig (à esquerda), Oolong (à direita, acima) e
Porco Rosso dão as caras aqui para
destacar que 2019 é o Ano do Porco.
Olá, feliz ano-novo! Que este seja um grande ano para todos nós! 

A partir de 5 de fevereiro tem início, de acordo com o horóscopo chinês, o chamado Ano do Javali ou Ano do Porco. A data é bastante lembrada também no Japão, onde essa contagem de tempo possui relevância popular. 

Não deixa de ser uma justificativa divertida para abrir o primeiro post do ano com a imagem meramente ilustrativa de alguns suínos bastante simpáticos da cultura pop japonesa, o foco deste blog. E cá entre nós, nunca pensei que conseguiria colocar como imagem de abertura em um post do Sushi POP o adorável e desavergonhado Oolong (de Dragon Ball), ah ah!

E falando no Sushi POP, espero conseguir postar novas matérias que tragam muita informação e, sempre que preciso, posicionamentos honestos e bem definidos quando a situação exigir. Pretendo escrever mais biografias de grandes nomes da indústria do entretenimento, resenhas variadas, ensaios, memórias, notícias e dicas preciosas. Em todos os tipos de posts, continuarei com minha posição independente e querendo contribuir para difundir conhecimento que extrapole o simples entretenimento. E sem me prender às pautas do momento, novidades ou nostalgia. 

Mesmo sem periodicidade definida, irei postar sempre que possível resenhas, dicas, reportagens, curiosidades, entrevistas e artigos relacionados ao vasto universo do entretenimento japonês e sua indústria cultural. E ficarei muito agradecido a cada vez que você visitar, divulgar e comentar. 
Obrigado pela atenção, grande abraço e vamos em frente com o Sushi POP! 🍣

::: E X T R A :::

Durante as férias, dei uma rápida passagem por São Paulo e consegui gravar com dois amigos, o cantor (JAM Project, Danger 3 e Anison Lab), tradutor e professor Ricardo Cruz e o maior divulgador de tokusatsu no Brasil, o Danilo Modolo, do canal TokuDoc

O papo com o Danilo ainda demora um pouco a sair, mas com o Ricardo já foi postado no último dia 17 de janeiro, no canal Anison Lab. Eu e o Ricardo somos amigos há muitos anos e cada vez que nos encontramos é sempre uma ocasião muito alegre e cheia de risadas. Se ainda não viu, confira abaixo nosso papo sobre anime songs, com muita nostalgia:



Atenção: Esteja aqui no dia 28/01 (segunda), para conferir a primeira matéria do ano. Será especial para quem gosta de um bom J-pop clássico. 
Play-Asia.com - Buy Games & Codes for PS4, PS3, Xbox 360, Xbox One, Wii U and PC / Mac.

10 comentários:

Bruno Seidel disse...

Fala, Nagado!! Um excelente retorno e que 2019 seja um ano incrível para todos nós! Curti essa imagem de capa e a justificativa. hehehehehehehe! Eu diria que 2019 tem tudo para ser emblemático para a cultura pop japonesa pelo fato de termos a troca de imperador no Japão. Na prática, sabemos que isso terá uma certa influência nas séries Kamen Riders, que já anunciaram o fim da "Era Heisei". Resta descobrirmos que tipos de mudanças a Toei está preparando. Outra novidade bacana é a estreia do anime ULTRAMAN no Netlfix!

E sobre esse vídeo que você gravou com o Ricardo Cruz, volto a dizer que achei sensacional! Me senti muito representado na fala do Ricardo quando ele menciona a Herói Nº 10 como um momento de "upgrade" quando ele passou de um mero fã para alguém interessado em ler, em se informar e de compreender melhor essa vasto universo de super-heróis japoneses. Comigo foi exatamente isso!

Aliás, achei muito bacana da parte dele reverenciar você no título do vídeo como "Esse cara me fez descobrir o Japão!". Percebe-se o quanto ele é grato pelo seu trabalho e pela influência que você tem na vida dele. E se levarmos em conta o que essa influência fez com o cara, levando-o até onde ele chegou, isso ganha um significado ainda mais especial.

Devo dizer que estou empolgado para ver os outros vídeos e que seria muito interessante alguns dos assuntos que você traz aqui no Sushi Pop sendo repassados nesse formato, o que me leva a te perguntar: "Você nunca pensou em fazer um canal no Youtube?" Sei que você prefere se expressar através de textos, mas acho que uma versão "Sushi Pop no Youtube", num formato parecido com o que o Danilo faz no TokuDoc, seria bem interessante.

No mais, é isso! Que o ano do porco não seja uma porcaria! hehehehehehe
Abraços! o/

Alexandre Nagado disse...

Fala, Bruno!

Poxa, o Ricardo é um cara generoso, fiquei meio sem jeito até. Mas é extremamente gratificante saber que um trabalho feito com carinho teve um impacto positivo na vida de algumas pessoas.

Sim, teremos uma nova era histórica no Japão e certamente a cultura pop vai usar isso como ferramenta de marketing. O impacto na sociedade é pequeno, mas sem dúvida vai render muitas análises acerca do espírito do tempo, o zeitgeist. Mas, só saberemos em abril como a nova era irá se chamar.

Sobre canal no YouTube, além de gostar e ser um entusiasta da palavra escrita, há também o fator tempo e estrutura. Meu tempo é complicado, escasso e não tenho um lugar para filmar, nem equipamento para fazer isso com alguma qualidade. E nem tenho como editar vídeos, não manjo coisa alguma dessa área. Mas alguns leitores já pediram isso, e até o influenciador digital Paulo AP já me cobrou isso. Não sei... talvez uma hora eu faça um teste, vamos ver. Os horários de atividades da família estão passando por mudanças neste ano e não sei bem ainda como vou me programar, vamos ver.

Bom, é isso. Obrigado pela força de sempre, Bruno. Tenho algumas ideias de posts e espero conseguir manter este espaço com a qualidade que sempre almejo.

Valeu! Abraço!

Usys 222 disse...

Bem vindo de volta à blogosfera! Espero que tenha descansado bem e resolvido os assuntos da vida real.

O melhor é mesmo escrever como manda seu coração, sem se prender muito à ocasião, ao que está na boca do povo. Ou melhor, é trazer assuntos para serem vistos e discutidos.

Muito bom esse vídeo com o Ricardo Cruz, mostrando o quanto ele foi influenciado pelo seu trabalho na Herói e tantas outras publicações. E que isso o ajudou a "chegar lá" e realizar seu sonho. As observações sobre as músicas também foram muito bem colocadas, especialmente a parte em que é notado que cada série tinha uma pegada diferente, mesmo sendo da mesma época.

No mais, Bom Retorno e que venham muito mais matérias!




Oolong já salvou o mundo uma vez (embora de forma um tanto questionável), então creio que ele mereça destaque ao menos no Ano do Porco.

Adelmo Veloso disse...

Grande Nagado! Seja bem-vindo de volta! Que este ano seja bem melhor que os anos anteriores, seja na conquista dos objetivos, maior alcance do Blog e várias matérias interessantes, como sempre foi caso do Sushi Pop!

Como acompanho o Ricardo Cruz, pude assistir assim que saiu esse vídeo! Muito bacana e até interessante vê-lo em outra mídia!

Sobre o ano do porco, fiquei me achando porque conheci o Porco Rosso no ano passado. Ao me informar da programação do Sesc na cidade que moro, estava previsto passar O Castelo no Céu, mas por ser legendado e ter mais crianças na sessão, mudaram para Porco Rosso, que era dublado. Rapaz, gostei bastante da história e sequer tinha ouvido falar desse filme!

Até as próximas postagens! Também acompanho o Danilo do Toku Doc e tô ansioso pelo vídeo.

Alexandre Nagado disse...

Fala, Usys!

Desta vez, deu pra descansar bem, apesar de não ter conseguido visitar muita gente, pois fomos para outra cidade passear. Mas foi ótimo. E eu ainda não voltei ao meu trabalho, estou curtindo os últimos dias de férias oficiais.

O papo com o Ricardo foi bem divertido, como são todos os papos com ele. Espero poder fazer isso mais vezes.

E o Oolong é uma figuraça! Quando estava esboçando um post só pra avisar que o blog estava voltando de férias e lembrei do Ano do Porco, adivinha a primeira imagem que veio na mente? Ah ah, o Oolong é sensacional!

E falando em escrever com o coração, comecei a esboçar um texto sobre um momento bastante pessoal envolvendo minha série em animê favorita.

Valeu! Grande abraço!

Alexandre Nagado disse...

Olá, Adelmo! Obrigado, é bom estar de volta a este espaço virtual onde escrevo sobre coisas que gosto e encontro gente que acompanha e troca uma ideia.

Miyazaki tem obras fantásticas, mas meu filme favorito do Ghibli é o "Mimi wo sumacebá", ou "Whispers of the heart", dirigido pelo Isao Takahata. Mas do Miyazaki mesmo, Nausicaa, Mononoke, Ponyo, Lapyuta, Totoro são muito legais. Ainda verei o Porco Rosso, que está faltando.

A entrevista com o Danilo não sei bem quando sai, mas devo incorporar o vídeo por aqui também, assim que por postado.

Valeu! Abraço!

anderson disse...

Imagino se sou o único que se lembra de ter visto Super Pig na tv globinho.È engraçado como apesar do tom cômico ainda merecia o título de Magical Girl bem mais que as atuais aberrações de Steven Universe .

Detonation Uchiha disse...

Que bom que voltou, para este ano entre as produções japonesas estou querendo ver a nova animação do Godzilla (que aliás já saiu e eu tenho que ver) da Netflix, o Ultraman também da Netflix e o novo longa do City Hunter; E que bom que manterá, como sempre, um conteúdo diversificado até porque não vivemos de novidades e bom pararmos um pouco para respirar e olhar para trás.

Alexandre Nagado disse...

E aí, Anderson!

Eu vi alguns episódios de Super Pig quando passou. Não lembro de muita coisa, mas eu achava o visual muito engraçado para uma super-heroína. E o Steven Universe... Vi alguns episódios, mas achei chato (além de engajado politicamente).

Abração!

Alexandre Nagado disse...

Olá, Uchiha!

Ano passado largamos a Netflix por absoluta falta de tempo pra ficar assistindo e nem vi o Godzilla ainda. Agora, com a proximidade do ULTRAMAN, vou dar um jeito de acompanhar, pois já gosto muito do mangá.

É difícil para mim fazer um planejamento de longo prazo, mas já tenho um post quase pronto e outro esboçado. Um entra na segunda (dia 28) e o outro deve pintar por aqui na quinta (dia 31). Da minha parte, farei sempre o melhor que puder. Esteja por aqui para conferir.

Obrigado e até breve! Abraço!