sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Feliz Dia das Crianças!

Uma rápida mensagem para crianças de qualquer idade!
Imagem: Get Drawings

Oi, pessoal. 

A vida tá complicada pra conseguir pesquisar e postar como eu gostaria, mas não posso deixar de fazer um post pelo Dia das Crianças. Um lembrete sobre a importância de se valorizar a infância e a vida.

Um pensamento pelas crianças que são hoje, pelos adultos que preservam ainda um lado criança dentro de si, pelas crianças impedidas de nascer, por aquelas cujas vidas foram breves, seja por doença, fatalidade ou vítimas da crueldade de adultos e suas guerras. Enfim, por todas as crianças que foram geradas e que ainda o serão. A infância é sagrada e deve ser protegida. 

No Japão, o Dia das Crianças é dividido em duas datas: uma para as meninas (3 de março) e outra para os meninos (5 de maio). Se quiser saber mais, confira aqui

Para esta nossa data brasileira, separei algumas postagens que valem à pena serem descobertas ou relembradas. Então...

Um Feliz Dia das Crianças para todos!


::: Canções Selecionadas :::


"Hero" - JAM Project
- Uma das melhores canções sobre a criança em todos nós. Composição de Hironobu Kageyama lançada em 2008. Veja a história da canção e ouça sua versão em português, aqui.



Play-Asia.com - Buy Games & Codes for PS4, PS3, Xbox 360, Xbox One, Wii U and PC / Mac.


"Bokura ga umareta ano hi no you ni" (ou "Como no dia em que nascemos") - Vários artistas
- Uma antiga canção que reuniu grandes astros do pop japonês em 1993 para um projeto voltado à infância. Conheça a história do trabalho "Used to be a Child" aqui.



::: Mangá: Histórias selecionadas sobre crianças :::


anohana - Ainda não sabemos o nome da flor que vimos naquele dia 

The God´s Lie 

Pinóquio, de Osamu Tezuka 

The Legend of Zelda - Ocarina of Time 


Play-Asia.com - Buy Games & Codes for PS4, PS3, Xbox 360, Xbox One, Wii U and PC / Mac.

14 comentários:

Adelmo Veloso disse...

Excelente! O próprio Jesus Cristo nos disse que se quiséssemos entrar no Reino dos Céus, deveríamos ser como crianças! Por isso, ainda com 32, não tenho previsão de quando me tornarei adulto! Feliz dia das crianças a todos de 0 a 130 anos!

Stephano Barbosa disse...

Impossível não esquecer a cultura pop japonesa nessa data ! Afinal, essa cultura faz parte da infância de várias gerações!! Ultraman, National Kid, Astro Boy, Doraemon etc etc

Alexandre Nagado disse...

Valeu, Adelmo!

Adulto que perde conexão com a infância tende a virar um chato, ah ah. Estou com 47 e sigo cuidando de meus gibis e bonequinhos.

Valeu, abraço!

Alexandre Nagado disse...

Verdade! Somos felizes por termos tido acesso a séries japonesas que são verdadeiros clássicos.

Abraços!

Bruno Seidel disse...

Lindo post! Assim como as referências musicais postadas aqui.

Sempre digo que "a gente começa a morrer quando deixa de ser criança". E não é nada raro ver alguém abandonando os sonhos, a imaginação, a criatividade e a curiosidade de criança conforme vai ficando adulto. É quando a pessoa vai se tornando um adulto racional, metódico, rabugento e preocupado com as aparências.

Aproveitando a deixa e as sugestões musicais, deixo aqui outra dica de vídeo, que é o clipe da música Jounetsu We are brothers, gravada por uma seleção de astros dos animesongs para o filme Super Hero Taisen (2012).
https://www.dailymotion.com/video/xsw01e

Quem se identifica certamente vai se emocionar.

Abraços! o/

Stephano Barbosa disse...

Os detratores nos chamarão de Peter Pan...

Alexandre Nagado disse...

Ah ah, mas tem os "Peter Pan" da vida que fogem de responsabilidades como vampiro foge de cruz. O lance é equilíbrio, como tudo na vida.

Alexandre Nagado disse...

Fala, Bruno! A música Hero, versão em português, tem um verso que me emociona até hoje. Diz; "Ele jamais podia fugir de alguma missão, muito menos se queixar... Mas algumas vezes sozinho chorava, sempre olhando para o mar."

Isso diz muito sobre as lutas da vida. E excelente lembrança essa da canção We are brothers.

Valeu, grande abraço!

Stephano Barbosa disse...

Verdade, Nagado! Mas alguns "Peter Pans" também sofreram algum "baque" na vida e os levou a ser assim...


Sobre a questão de gibi, boneco etc. ..
se pode customizar... adaptar pra o público adulto... simples.Sabia que
há livros para colorir pra adulto ?? No original... livro pra colorir é associado ao público mirim.

Usys 222 disse...

Dia da Criança! Com tantas atribulações, a gente até esquece às vezes dessas datas. Mas não deveríamos.

Não podemos deixar morrer a criança dentro de nós, senão a vida se torna vazia, sem graça. Pois é nos emocionando com as coisas que realmente nos sentimos vivos. É assim que a vida tem cor.

Feliz Dia da Criança!

Alexandre Nagado disse...

Ah, esses livros de colorir deram um fôlego ao mercado editorial ao investirem no que foi vendido como arte-terapia. Agora passou a moda, mas é algo interessante mesmo.

Alexandre Nagado disse...

Fala, Usys! Com duas filhas ainda crianças, não posso esquecer mesmo. Mantendo meu lado criança, me divirto mais ainda com elas.

Valeu! Abraço!

Aniki disse...

Feliz Dia das Crianças atrasado, Nagado!

Ainda mais que somos parte de uma época onde a infância era mais simples, seja com as brincadeiras(pião, taco, pega-pega, bola de gude) ou mesmo os programas televisivos com tudo que era possível assistir, não só japoneses mas todo e qualquer produto audiovisual dedicados a nós quando pequenos.

Às vezes penso que a criança dentro de mim tem se tornado um pouco mais retraída. Ou eu que tô me tornando um velho reclamão hehehehehe. Mas enquanto ela puder dar seus suspiros e extravasar de vez em quando creio que ela nunca silenciará enquanto eu viver.

Grande abraço!

Alexandre Nagado disse...

Obrigado, Aniki!

Sem o risco de parecer nostálgico demais, sim, a infância antigamente era mais simples. Hoje, o acesso à informação tem criado pequenos cada vez mais ansiosos. Tentamos controlar isso em casa, pois é bastante claro que criança feliz brinca sem a necessidade de alta tecnologia. Eu vivia de joelho ralado e brinquei muito na rua, mas também ficava um tempo com gibis e outro vendo meus heróis da TV.

Eu tenho um lado reclamão bastante forte, e é por isso que em minha mesa de computador em casa mantenho sempre um ou dois bonequinhos, que vou trocando de tempos em tempos. Eles me lembram de não levar tudo a sério demais e me mantêm conectado com um lado mais leve. E isso faz um bem danado.

Grande abraço!!