quarta-feira, 11 de julho de 2018

Animê NEXT 100 - Uma canção para os sonhadores

Uma belíssima canção celebrou o centenário da animação japonesa e fez sonhar com os próximos 100 anos!
Capa do single histórico, que reuniu
grandes nomes das anime songs.
Em 2017, a mídia no Japão comemorou o centenário da arte do animê. Os 100 anos da consagrada arte da animação japonesa (links no fim do post) foram celebrados com documentários, eventos e ampla cobertura da imprensa local. 

Embora tenha sido descoberto que o referencial da mais antiga animação registrada no Japão tenha sido equivocado, a gigantesca engrenagem que já estava em movimento continuou. Mesmo que seja mais simbólico do que precisamente histórico, o centenário do animê foi comemorado com bastante pompa e muita alegria pelos profissionais da indústria. 
Como parte das comemorações, o projeto Anime NEXT 100 e a gravadora avex lançaram, no segundo semestre de 2017 a canção Tsubasa wo motsu mono (ou "Aqueles que têm asas") Not an Angel, Just a Dreamer

Para cantar essa homenagem musical, que fala sobre sonhos e emoção através de desenhos que ganham vida e movimento, o selo avex pictures convidou a maioria dos principais nomes do cenário das anime songs, do presente e do passado. 

Lendas como Ichirou Mizuki, Isao Sasaki, Mitsuko Horie, Akira Kushida e o JAM Project, cantaram junto com nomes mais atuais, como Suzuko Mimori, Ayumi Inoue, May´n ou o grupo Wake Up, Girls!. Infelizmente, uma ausência sentida foi a de Hironobu Kageyama. Apesar dos outros integrantes do JAM Project terem comparecido (com uma participação bem pequena), talvez tenha ocorrido algum problema de agenda ou algo relacionado a contrato com outra gravadora (no caso, a Lantis). 
A maior seleção de astros das anime songs, em todos os tempos.
Para acompanhar a belíssima obra, foi lançado um vídeo oficial para o projeto Anime Next 100, fazendo uma retrospectiva da animação japonesa. Como a ideia era homenagear o máximo de títulos com alguma relevância, a música de pouco mais de 7 minutos se mostrou curta. Então, o vídeo oficial toca duas vezes seguidas a canção, mostrando muitas imagens que poderão levar alguns às lágrimas. 


Antigas animações experimentais e algumas produções com stop-motion são lembradas, mas o foco é a impressionante coleção de personagens e títulos que encantaram e encantam gerações de fãs pelo mundo. E a seleção deve encantar e emocionar tanto fãs antigos quanto aqueles que só acompanham produções mais contemporâneas. 

Alguns dos animês relembrados no vídeo oficial,
uma emocionante homenagem à arte da animação.
Assim, há rápidas imagens de Tetsuwan Atom (Astro Boy), Ás do Espaço, Speed Racer, O Gênio Maluco, Marco, Lady Oscar, Ashita no Joe, Mazinger Z, Gundam, Galaxy Express 999, Cavaleiros do Zodíaco, Akira, Pokémon, Samurai Warriors, Sailor Moon, Digimon, Dr. Slump, Dragon Ball, Cowboy Bebop, One Piece, Yu-Gi-Oh, Lupin III, Futari wa Precure, Your Name, Fullmetal Alchemist, Crayon Shin-Chan, Tiger and Bunny, Jojo´s Bizarre Adventure e muitos outros títulos. E ainda assim, outros tantos, tão ou mais importantes que vários escolhidos foram deixados de lado, talvez até por não-liberação de imagens oficiais. Como toda listagem, nunca vai agradar a todos, mas o resultado ficou muito bonito e presta uma emocionante homenagem aos profissionais destes celebrados 100 anos de animê.

O single foi lançado no Japão em 25 de outubro de 2017 e a canção está disponível oficialmente no Spotify. Infelizmente, não vendeu bem (ficou abaixo das 2 mil cópias) e nem se destacou na parada de sucessos, mas a qualidade é indiscutível. Ao menos, serviu como um valioso registro histórico de um elemento essencial para a indústria do animê, que são as canções que embalaram e ainda vão embalar muitos sonhos e aventuras. 

Site oficial: avex.jp/tsubasa-project

翼を持つ者 〜Not an angel Just a dreamer〜

Tsubasa wo motsu monô ("Aqueles que têm asas") ~ Not an Angel, Just a Dreamer ~
Letra: Aki Hata e Shouko Fujibayashi
Melodia: Kouhei Tanaka e Noriyasu Agematsu
Produtor: Kouhei Tanaka
Vocais: i☆Ris, Azumi Inoue, Wake Up, Girls!, Maaya Uchida, Akira Kushida, GRANRODEO, Isao Sasaki, Hiro Shimono, JAM Project, Konomi Suzuki, Kenichi Suzumura, Ayana Taketatsu, Minori Chihara, TRUE, Toshiyuki Toyonaga, Shoko Nakagawa, Wataru Hatano, Mitsuko Horie, Minami, Ichirou Mizuki, Suzuko Mimori, May'n e Chihiro Yonekura.

1) O vídeo oficial do projeto Anime NEXT 100:



2) Aqui, um clipe com os bastidores da gravação. Sinceramente, não consigo dizer qual das dos vídeos mostrados aqui é mais empolgante ou emocionante. É um registro histórico que jamais se repetirá. Veja antes que tirem do ar. 




Nota: Sim, eu sei que este post está chegando com um atraso absurdo, mas na época que saiu a música, passou batido pra mim. Antes tarde do que nunca. E acaba sendo bom atrair atenção sobre um trabalho que não teve o reconhecimento merecido na época. 

Leia também:




4 comentários:

Usys 222 disse...

Fico pensando em quantas pessoas sabiam desse. Eu mesmo nunca tinha ouvido falar, nem mesmo em grandes sites de notícias do ramo e fiquei sabendo agora, pelo Sushi POP. E é um momento histórico, reunindo tantos grandes nomes!

Vendo o vídeo oficial, dá para perceber que "Anime" é um conceito muito mais amplo do que se pensa. Envolve também o stop motion e até aquelas obras com um traço cartunesco. E ainda dá para ver como as técnicas e tecnologias avançaram desde então.

A letra também é condizente. Gosto especialmente deste trecho:

"Um desenho monocromático se envolve em cores
São escritas letras, palavras no papel
É dada (a ele) vida
E (o desenho) começa a se mover" (tradução rudimentar)

Agradeço por colocar links a matérias do meu blog. A Madre Teresa estava certa. O que um não cobre o outro cobre. Com isso dá para fazer algo grande.

Alexandre Nagado disse...

Fala, Usys!

Esse single saiu meio fora de época. Ainda era o ano do centenário do animê, mas os principais eventos se concentraram no primeiro semestre. Tive a impressão de que foi uma ideia meio tardia que correram para viabilizar de qualquer jeito, para não perder o bonde da História. Se tivesse saído quando a mídia japonesa estava comemorando, acho que a repercussão teria sido muito maior. Uma pena, pois a música é muito bonita.

E eu descobri por acaso no Spotify, pois essa canção aparecia como single de alguns artistas que eu estava procurando. Entre descobrir o título e parar para ouvir, foram algumas semanas. E como me arrependi de não ter ouvido antes. Na plataforma, a música até que é bem cotada, mas longe de ser um sucesso.

De qualquer forma, ninguém entrou nessa por dinheiro, visto que, mesmo que fosse um sucesso, ia pagar muito pouco em porcentagem de vendas, pois eram muitos intérpretes. Pelo sistema do Spotify, então, cada cantor deve ter recebido centavos pela execução oficial. Enfim, sorte de quem curtiu, pois é uma gravação belíssima.

E sobre seu último comentário, nem precisa agradecer, você vive linkando o Sushi POP em seus textos. Na verdade, eu vejo nossos blogs como parte de uma rede informal com foco na informação e pesquisa. Acho que o resultado é maior que a soma das partes.

Valeu! Abraço!

Gabriel disse...

A música é bem bacana, mas esse vídeo com o trecho de vários animês é sensacional!
É interessante até para observar a evolução da animação, das técnicas, dos traços.

E eu não vi nenhum veículo divulgar isso, você foi o primeiro. Algo importante assim merecia mais atenção. Obrigado por compartilhar o/

Valeu ^^

Alexandre Nagado disse...

Fala, Gabriel!

Então, essa música passou batido para a blogosfera brasileira e os sites de cultura pop. Lançaram meio fora de época, quando estava baixando a poeira de toda a agitação pelo centenário do animê. E música vendeu pouco, então até para o público japonês passou meio batido, mesmo reunindo cantores bastante famosos no nicho das anime songs.

Quando vi o vídeo fiquei sem palavras. Mesmo que tenham deixado de lado títulos como "Yamato" e "A Princesa e o Cavaleiro", a seleção ficou muito boa, não tem como reclamar.

Ao menos fiz um registro, pois foi maravilhoso o trabalho que fizeram.

Valeu! Abraço!