quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

My Hero Academia SMASH!!

Os super-heróis mais bizarros do mundo
estrelam uma nova série de humor.
My Hero Academia (ou "Boku no Hero Academia" ~ 僕のヒーローアカデミア) é um recente sucesso do mangá e do animê criado por Kohei Hirokoshi para a revista Shonen Jump. No Brasil, é publicado pela editora JBC, que já tem oito volumes lançados, de um total de 17, sendo que a série ainda está em produção. 

O enredo apresenta uma realidade onde a maior parte da população da Terra nasce com algum tipo de poder especial. O protagonista é o adolescente Izuku Midoriya, que é fascinado por super-heróis, mas teve o azar de nascer sem poderes. Após ajudar seu grande herói, o poderoso All Might, Izuku tem a chance de sua vida ao ser matriculado em uma escola para super-heróis. Mas a vida de Izuku - codinome Deku - será complicada. 

My Hero Academia é uma paródia aos super-heróis americanos, na forma como são vistos pelos japoneses. O resultado tem conquistado fãs pelo mundo com suas histórias cheias de ação e personagens interessantes. 
Anúncio japonês da época do lançamento da série SMASH!!
O mangá estreou na famosa revista semanal Shonen Jump (Ed. Shueisha) em 2014 e já teve 17 volumes compilando suas histórias. Em 2015, ganhou serie em animê com duas temporadas já exibidas e disponíveis no acervo do portal Crunchyroll. Uma terceira temporada vai estrear em 7 de abril próximo e um longa também está para ser lançado no Japão. Também já teve 

Com o sucesso, surgiu em 2015 na revista Shonen Jump e no aplicativo Jump + uma série spin-off intitulada My Hero Academia SMASH!!, assinada por Hirofumi Neda. Trata-se de uma série de tiras humorísticas no formato "yon koma", que consiste em piadas de quatro quadrinhos. 

Deku, All Might, Katsuki Bakugo, Ochako Uraraka, Ten-ya Iida e toda a galeria de personagens estão presentes, mais doidos e em situações cada vez mais bizarras. SMASH!! é uma sátira impiedosa a uma série que já nasceu para satirizar um gênero consagrado, que é o dos super-heróis de colante, uma instituição americana. 
A arte de Hirofumi Neda funciona bem no formato
de tiras "yon koma", que é tradicional no Japão. 
A produção é voltada aos fãs da franquia, mas basta conhecer a premissa básica da série original para poder entrar no clima e curtir o humor alucinado de Hirofumi Neda. Nesse aspecto, algumas piadas funcionam melhor do que outras, mas o autor consegue manter um pique contínuo de situações ridículas e absurdas. Seu desenho é bem estilizado e expressivo, combinando bem com a proposta das tiras yon koma

No formato de diagramação mais livre, o autor incluiu nos extras uma hilária narrativa de como e quando ele viu pessoalmente o autor Kohei Horikoshi pela primeira vez. Lendo o material, é fácil imaginar que Hirofumi Neda é uma figuraça que parece ter saído de um mangá. 

My Hero Academia SMASH!! é uma diversão ligeira, pra quem busca uma leitura leve e descompromissada, sendo ou não fã da série original. E para quem gosta de super-heróis americanos e sabe apreciar uma boa sátira, é leitura mais do que recomendada. 

My Hero Academia SMASH!!
僕のヒーローアカデミアすまっしゅ!!

Roteiro e arte: Hirofumi Neda
- Baseado na série de Kohei Horikoshi
Formato: 13,5 x 20,5 cm, com 136 paginas
Total: 5 volumes
Periodicidade: Trimestral
Lancamento no Brasil: Dezembro de 2017
Editora: JBC
Preco: R$ 12,90 (vol 1)
Classificação indicativa: 14 anos

4 comentários:

Usys 222 disse...

Soube de My Hero Academia por indicação do Adelmo Veloso. Fiquei de ver, mas nunca consegui encaixar no meu horário. Tenho que dar um jeito, afinal a versão em desenho animado é um trabalho de Yoshihiko Umakoshi.

Essas historinhas costumam ter apelo só aos fãs dos originais, com referências entendíveis só por eles, se tornando algo hermético. Mas pelo visto não é o caso em SMASH!!. É preciso bastante habilidade para se fazer algo assim com apelo para quem nunca viu o original. E como o desenho tem seus fãs por aqui, creio que haverá uma boa saída.

Alexandre Nagado disse...

Fala, Mr. Usys.

Provavelmente eu tenha perdido várias piadas por não acompanhar a série original. Mas ainda assim é bem divertido e esqueci de mencionar que há uma apresentação básica dos personagens.

A ideia geral é divertida e vou dar uma olhada no animê, só de curiosidade.

Abraço!

Bruno Seidel disse...

Parece bem divertido mesmo, principalmente por tirar sarro desse universo de super-heróis, algo que parece ter se tornado uma "fórmula do sucesso" nos últimos anos. Já ouvi dizer que tem várias referências a obras consagradas da cultura pop japonesa, além da escrachada sátira aos heróis americanos, que parece ser mesmo a principal característica da obra.

Abraços!

Alexandre Nagado disse...

Fala, Bruno!

É engraçado ver como os japoneses brincam com os clichês americanos e misturam tudo com suas próprias referências. MHA é uma verdadeira salada de cultura pop, feita de forma despretensiosa. Preciso ver mais coisas desse título.

Abração!