quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

Your Name. ~ O animê

O animê para cinema mais aclamado dos últimos tempos, obra-prima do diretor Makoto Shinkai, chega ao catálogo da NETFLIX. 
Dois jovens, separados por uma distância
inimaginável, destinados a
viverem uma experiência sobrenatural.
Mitsuha Miyamizu é uma adolescente que vive com sua avó e irmã menor em Itomori, uma cidade pacata do interior do Japão, com apenas 1500 habitantes. Ela sonha em sair de lá e ir para Tokyo, a cidade de seus sonhos. Contra sua vontade, ela é um tipo de sacerdotisa encarregada de manter vivas na cidade tradições que não compreende. Além disso, ela é filha do prefeito da cidade, que está em plena campanha de reeleição. Cansada de tanta exposição e de ser o centro de atenções - e também de comentários maldosos, certa vez ela grita que gostaria de ser um rapaz bonito de Tokyo, pra fazer o que quiser e ir aonde quiser. Ao menos assim é como ela imagina ser a vida de um homem de cidade grande. 

Um dia, ela acorda em um lugar estranho, e no corpo de um rapaz. Inicialmente acreditando ser tudo um sonho, ela vai descobrindo que seu nome é Taki Tachibana, mora com o pai, está no ensino médio e trabalha de noite em um restaurante. Sua vida passa a ser corrida e complicada. 

E Taki, para seu desespero, acorda no corpo de Mitsuha. Ele se vê morando em uma cidade pacata, com um ritmo de vida e costumes diferentes ao que estava acostumado. Passado o pânico inicial, ele vai desvendando o estilo de vida e as dificuldades com as quais Mitsuha tem que conviver. 

O fenômeno se repete outras vezes e cada um vai, aos poucos, aprendendo a lidar com os problemas e cotidiano do outro. Mitsuha dá um toque de delicadeza na vida de Taki e este injeta força e personalidade no cotidiano da garota, fora habilidades específicas de cada um. Eles também percebem que é difícil reter as recordações de cada troca e anseiam muito por se conhecer um dia. 
As irmãs Mitsuha e Yotsuha, na
bela cidade de Itomori.
Pouco a pouco, eles aprendem a deixar recados para serem lidos quando a troca for desfeita. E assim vão se conhecendo melhor, cada um entrando no mundo do outro e desenvolvendo um relacionamento único, mágico. 

Intrigado por não conseguir localizar o telefone de Mitsuha e por não saber o nome da cidade onde ela vive, Taki se lança em uma viagem para encontrar a garota, que agora é parte importante de sua vida. Nessa jornada, seus bons amigos Tsukasa Fujii e Miki Okudera irão acompanhá-lo, mesmo sem entender o que se passa com ele. 

Em certo momento, Taki, baseado apenas em memórias visuais da cidade, começa a desvendar um terrível mistério. Mitsuha está morta. Não apenas ela, mas toda sua família e as pessoas que aprendeu a gostar nas trocas de identidade. A irmã pequena Yotsuha, a avó Hitoha, os amigos inseparáveis Shinta e Sayaka, todos estão mortos. Lembrando de comentários estranhos nos recados de Mitsuha, ele se dá conta que suas almas não se deslocavam somente a grandes distâncias, mas também para períodos de tempo diferentes. 

Ao perceber a terrível cadeia de acontecimentos, Taki se decide a tentar impedir a grande tragédia que se aproxima. Com essa narrativa cheia de acontecimentos fantásticos envolvendo pessoas comuns, o diretor Makoto Shinkai criou uma obra monumental. 
Taki tem uma difícil missão pela frente, que ele encara
com medo de perder as memórias de quem devia salvar.
Your Name é o título internacional de Kimi no na wa., um dos mais bem-sucedidos animês para cinema de todos os tempos. Sua arrecadação global já ultrapassou a marca dos 355 milhoes de dólares e irá ganhar versão live-action em Hollywood. Sucesso de público e crítica, Your Name gerou derivados, incluindo um mangá publicado no Brasil pela Editora JBC.

A repercussão positiva da animação foi tão grande que o diretor Makoto Shinkai já foi aclamado pela mídia internacional como o "Novo Hayao Miyazaki", título que ele rejeita veementemente, seja por reconhecer que ainda tem muito a amadurecer, seja pelo fato do próprio Miyazaki ainda estar em atividade. Nascido em 9 de fevereiro de 1973, seu trabalho tem chamado a atenção pela simplicidade e bom gosto nas composições e uso de cores. Sendo também escritor e desenhista habilidoso na composição de story-boards, ele consegue imprimir uma marca bastante autoral em uma forma de arte tão colaborativa como é a animação. 

Seu detalhismo visual, sua elaboração de personagens críveis e humanos e o senso de encantamento que ele imprime à suas obras o colocam em um patamar diferenciado da maioria dos diretores de seu país. A grandiosidade de Tokyo e a simplicidade da fictícia Itomori são apresentadas com cores vivas e um uso magistral de efeitos de iluminação. 

Na trilha sonora, a banda de rock RADWIMPS, uma das favoritas de Shinkai, ajudou a compor a atmosfera do filme e também seu ritmo narrativo. A participação dos músicos foi tão importante que eles regravaram as canções em inglês para o lançamento mundial do longa.

Trailer com a trilha sonora em inglês, pela mesma banda RADWIMPS.


Em outubro passado, Your Name teve uma rápida passagem pelos cinemas brasileiros e, desde o dia 6 de dezembro, está disponível no catálogo da Netflix, tanto com som original e legendas, quanto dublado em português. 

Em tempos recentes, a mídia e as redes sociais em geral têm debatido muito questões de identidade sexual e sobre supostas construções sociais de papéis masculino e feminino. Apesar da história envolver troca de identidade entre um rapaz e uma garota, esse animê não aborda questões de gênero (ainda bem) e lança um olhar respeitoso e até conservador sobre as identidades masculina e feminina, mostrando suas diferenças como sendo naturais e complementares. 

Your Name é uma elaborada e fantástica fábula sobre amor e empatia, que é a capacidade de se colocar no lugar do outro. É algo que Taki e Mitsuha descobrem literalmente vivenciando a vida do outro e descobrindo muito mais do que jamais imaginariam. Tão importante quanto o objetivo dos jovens de se encontrarem foi sua jornada espiritual de descobertas e autoconhecimento. 

Your Name. - Ficha técnica


Título original: Kimi no na wa. 君の名は。
Lançamento no Japão: 26/08/2016
Duração: 1h47m


Criação, roteiro, story boards e direção: Makoto Shinkai
Trilha sonora: RADWINPS
Design de personagens: Masayoshi Tanaka e Masashi Andou
Produtor: Genki Kawamura
Realização: CoMix Wave Film

Elenco de dubladores (japoneses / brasileiros)

Taki Tachibana: Ryunosuke Kamiki / Ítalo Luiz Siqueira
Mitsuha Miyamizu: Mone Kamishiraishi / Michelle Giudice

Hitoha Miyamizu (avó): Etsuko Ichihara / Rosa Maria Baroli
Yotsuha Miyamizu (irmã): Kanon Tani / Isabella Guarnieri
Toshiki Miyamizu (pai): Masaki Terasoma / Luiz Antônio Lobue
Futaba Miyamizu (mãe): Sayaka Oohara / Cássia Bisceglia

Katsuhiko Teshigawara: Ryuu Narita / Glauco Marques
Tsukasa Fujii: Nobunaga Shimazaki / Diogo Marques
Miki Okudera: Masami Nagasawa / Samira Fernandes

Sayaka Natori: Aoi Yuuki / Flora Paulita
Shinta Takagi: Kaito Ishikawa / Diego Lima
Prof.a Yuki: Kana Hanazawa / Tatiane Keplmair
Figuras de Taki e Mitsuha, lançadas pela
Good Smile Company.
Veja também:

- Resenha do mangá e mais informações sobre a franquia.

- Curta metragem "O Olhar de Alguém", de Makoto Shinkai.


::: E X T R A S :::

- Confira duas canções da banda RADWIMPS, direto da trilha sonora de Your Name:

1) Sparkle ~ スパークル
Letra e melodia: Yojiro Noda




2) Zen zen sense ("Vida passada, passada") ~ 
前前前世 
Letra e melodia: Yojiro Noda 




RADWIMPS
Yojiro Noda (voz solo, vocais e guitarra)
Akira Kuwahara (guitarra e vocais)
Yusuke Takeda (baixo e vocais)
Satoshi Yamaguchi (bateria e vocais) 



10 comentários:

César Filho disse...

Mais uma excelente resenha sobre esta maravilhosa obra do Makoto Shinkai e que complementa muito bem informações da produção. Tinha comentado no outro post que eu gostei dos demais quatro filmes do diretor que estão na Netflix. A chegada do mangá e do filme Your Name despertou meu interesse pelo seu trabalho.

Ainda estou aguardando a chegada do segundo volume do mangá por encomenda. Resolvi não esperar para o volume final em janeiro (ou fevereiro) e assisti ao filme no último fim de semana. Infelizmente o circuito não passou aqui na cidade, mas valeu a pena esperar. A dublagem foi uma grata surpresa. Os trabalhos foram feitos na UniDub, estúdio do dublador Wendel "Goku" Bezerra. O resultado foi de qualidade, assim como em Dragon Ball Z: O Renascimento de 'F' e O Rapaz e o Monstro (este último esteve até pouco tempo na Netflix).

Fiquei surpreso com o rumo da história. Esperava algo mais sofrido, porém foi além do que eu imaginava. Agora posso considerar Your Name como o melhor filme de Makoto Shinkai. Um filme recomendável até mesmo para quem não curte animê. Por sinal, o filme tem chamado atenção fora do nicho devido a estreia no canal de streaming.

Alexandre Nagado disse...

Fala, César!

Preciso aproveitar minha assinatura Netflix e conferir mais obras do Shinkai. A direção dele é primorosa e acredito que logo será aclamado não só o maior diretor de animês, mas um cineasta de modo mais amplo.

Só falta conferir o volume 3 do mangá, que tem um traço e narrativas que me agradaram bastante. O streaming chegou pra ficar e é graças a isso que podemos conferir tanta coisa recente e de modo oficial. E ainda sinto que estamos no começo do processo.

Valeu pela participação! Grande abraço!

Adelmo Veloso disse...

Grande Nagado!

Fiquei viajando quando vi a resenha do mangá e muito curioso para ver a obra! Assim que pude, conferi o anime legendado e foi muito emocionante. Agora estou revendo dublado em português e estou curtindo bastante!

É uma obra sensacional, sem contar que não tem nada a ver com ideologia de gênero, também! Há um dorama coreano (Secret Garden) semelhante que também não abordam essa chatice que a mídia brasileira quer nos empurrar goela abaixo, mas que demonstram muito bem a separação dos gêneros, com todo o respeito possível!

O Jardim das Palavras e Cinco Centímetros por segundo são obras que admiro bastante! Shinkai é o cara, mesmo!

Alexandre Nagado disse...

Fala, Mr. Adelmo!

O Makoto Shinkai é uma das maiores revelações dos últimos anos no cenário do animê. Preciso ainda ver essas outras obras que citou, pois são igualmente elogiadas. Ainda bem que estão no catálogo da Netflix. De repente até ganham resenha por aqui também.

Valeu! Abraço!!

Agnaldo Lino disse...

Não sei se curte,Nagado, mas a banda brasileira Danger3 (Ricardo Cruz + Larissa Tássi + Rodrigo Rossi) lançou um single baseado em Your Name chamado "Lembranças". É uma ótima sobremesa para depois do prato principal ;)

Alexandre Nagado disse...

Olá, Agnaldo, tudo bem?

Olha só, o Danger 3 já apareceu aqui no Sushi POP. Dá uma conferida:
http://nagado.blogspot.com.br/2017/08/danger-3-anime-songs-made-in-brazil.html

E como sou amigo do Ricardo há vários anos, consegui postar em primeira mão uma prévia dessa canção que mencionou, a "Lembranças - Your Name".

Dá uma navegada no blog, que talvez você encontre mais assuntos do seu interesse.

Valeu! Grande abraço!

Bruno Seidel disse...

Assisti a esse filme dia desses. Não é o meu gênero preferido de animação, confesso. Fui ver junto com a minha esposa e, em consenso, achamos o anime "bonitinho". É o tipo de coisa que talvez só vimos mesmo pela comodiade do streaming.

A forma como a história é conduzida me agradou até. No começo, cheguei a suspeitar que veria uma versão anime do "se eu fosse você", com lapsos de uma comédia romântica. Mas a história ganhou um rumo interessante e provocações inesperadas.

O casal Taki e Mitsuha é, talvez, um dos que eu mais torci para ver juntos no final.

E obrigado por compartilhar os clipes com a trilha sonora do filme! Curti esse tema do Zen zen sense. Ouvir essa música depois de ter visto o anime traz todo o clima da obra de volta à lembrança!

Alexandre Nagado disse...

Fala, Bruno!

Eu gosto de histórias de cotidiano com elementos fantásticos e o Makoto Shinkai é um grande diretor. Também estou acompanhando a versão mangá, que é muito boa.

Your Name vai ter versão americana, e isso me preocupa um pouco. Eu não sou daqueles puristas radicais que odeia toda e qualquer versão americana. Mas acho que é provável que mexam na história só pra incluir discurso de Ideologia de Gênero e LGBTQ. E história tem um apelo conservador, se for ver bem.

E o RADWINPS eu descobri só ao ver o animê. É mesmo uma excelente banda.

Abraço!

Bruno Seidel disse...

Putz! Agora você me fez cair uma ficha que eu ainda não tinha me dado conta. Se essa versão americana for feita para o Netflix (o que justificaria totalmente o anime ter sido adquirido pela plataforma recentemente), é quase uma certeza que esse discurso de ideologia de gênero e LGBTQXYZWTF seja incorporado à obra. Quase todas produções originais do Netflix, repare, têm essa pegada ideológica, seja em prol da ideologia de gênero, ou da descriminação de drogas, ou abortista, ou outras bandeiras da esquerda.

OBS.: não é julgamento da minha parte, é só uma constatação que me chamou atenção. Não sei se mais alguém já reparou isso.

Mas, enfim, acho que essa discussão é mais apropriada para o Reflexo Cultural. ;)

Alexandre Nagado disse...

Fala, Bruno!

É, eu acho que nós veremos uma versão de Your Name com discurso político de gênero, mas eu espero estar enganado. Veja, minha posição é pelo respeito à visão original do autor. A Warner permitiu destruírem o Lanterna Verde dos anos 40, transformando um sério e preocupado pai de família em um empresário gay pegador de rapazes. Da mesma forma, se forem um dia fazer um Shun de Andrômeda mais rude, sem o lado fortemente feminino dele, acharia que estariam destruindo a concepção original do autor.

E voltando a Your Name, é bastante claro que Makoto Shinkai tem uma visão conservadora dos papéis masculino e feminino. Por isso a troca de mentes era tão cheia de confusões e não afetou em nada a forma como eles agiam quando voltavam a seus corpos naturais. A ideia é de complementaridade, e não de igualdade entre os sexos. Mas, vamos aguardar para ver. (Toc toc toc na madeira...)

Valeu pela participação! Abraço!!