terça-feira, 29 de setembro de 2015

On The Rocks - O vídeo oficial e um papo com Ricardo Cruz

On The Rocks, a homenagem
do cantor brasileiro Ricardo Cruz
aos heróis de sua infância
Foi uma longa espera. A música On The Rocks, que encabeça o CD formato EP de mesmo nome, foi lançada em 2014 como uma impactante homenagem aos super-heróis japoneses, em especial os que brilharam na época da antiga TV Manchete, a "Geração Jaspion". Com sua sonoridade vibrante, a intenção do integrante brasileiro da banda JAM Project foi, desde o começo, gravar um clipe que evocasse a imagem de força e coragem dos heróis de sua infância. 




Hiroshi Watari: Em plena
forma para viver o
herói Cruzer
Com a boa aceitação da música, surgiu a chance de realizar um vídeo promocional. E logo depois da autorização de produção de um clipe pela gravadora Lantis, veio a notícia de que o vídeo seria produzido com a participação mais do que especial do ator Hiroshi Watari. Astro de Sharivan (1983) e Spielvan (1986), ele foi também o coadjuvante Boomerman em Jaspion (1985) e é um dos mais célebres atores de tokusatsu, estando na ativa até hoje. 

Foi um longo tempo de produção e o resultado compensa, com uma eletrizante sequência de imagens que enche os olhos e leva o espectador nostálgico a uma sensação de viagem no tempo, mesmo sendo o herói do vídeo, Cruzer, um personagem inédito. As filmagens foram feitas no Brasil e a pedreira usada fica em Barueri, interior de SP. A semelhança com a usada pela Toei em seus seriados é incrível, o que fez Watari relembrar seus tempos como Metal Hero

O vídeo foi lançado no Anime Friends de julho passado, mas passou por diversos ajustes até a versão lançada oficialmente neste final de setembro. A pré-estréia aconteceu recentemente, durante o Festival Tokusatsu, realizado em alguns cinemas paulistanos pela Playarte

Com On The Rocks, Ricardo Cruz dá seus maiores passos profissionais e garante que isso é só o começo.

Atualização (30/09): Confira minha matéria sobre o On The Rocks para o UOL aqui

Ricardo Cruz, do
JAM Project
Três perguntas para Ricardo Cruz:

Nagado: Quando você compôs On The Rocks já pensava em produzir esse video?
Cruz: Pensava. Fiz esse disco como uma homanagem às raízes que possibilitaram a minha carreira de cantor no Japão. Enquanto compunha a música já ficava imaginando as cenas do clipe. No começo queria fazer algo no estilo Ultra Seven, Spectreman, com a banda no meio de uma maquete de Tóquio lutando contra monstros gigantes e explodindo tudo. Mas essa ideia se revelou cara demais, hahahaha. Então, adaptamos para um herói pequeno, estilo Jaspion, lutando numa pedreira. Clássico igual!
Nagado: O que o motivou a fazer essa homenagem?
Cruz: A motivação foi justamente fazer o caminho inverso. Cresci vendo esses herói na TV, agora quero prestar a minha homenagem ao gênero. E, claro, colocar a mão na massa num projeto desses é divertidíssimo. Queria me divertir fazendo também.
Nagado: Existem planos para aproveitar o herói Cruzer em algum outro projeto?
Cruz: Esse herói específico, talvez não. Mas tenho muitas ideias de outros projetos na pegada dos tokusatsu que quero colocar em prática. De repente usando plataformas de financiamento coletivo e o que mais estiver ao meu alcance. Tenho contato com muita gente no Japão que participou da era de ouro das séries japonesas de super-heróis, e todos já me disseram que se rolar um projeto legal eles estão dentro. Simplesmente não dá pra deixar isso passar batido. Quando era mais jovem, o sonho em comum entre os aficionados por essas séries era o de justamente criar uma. Nunca achei que fosse possível fazer isso direito aqui no Brasil. Até agora.
Site oficial: www.ricardocruzofficial.com
Compre "On The Rocks" no iTunes
*************************
Cruzer e seu robô Fornax
Ficha Técnica - On The Rocks

Letra e música: Ricardo Cruz
Arranjo: Carlos Tsukada

Elenco: Hiroshi Watari, Gutemberg Lins (Cruzer - dublê), Cauê Moura (Grande Rei Black Higen), Alessandro “Von Victor” Fonseca (General Victor), Alexsander Salas Rodrigues, Jardel Fernando de Oliveira, Ruam Hiroshi Yshii, Eric Rubin de Freitas, Vinicius de Moraes Gregorutti, Ricardo da Silva Sobreira, Dan Fuzitani e Frana Ayumi

Roteiro: Ricardo Cruz, 
Ariel Wollinger e Fabiano Broki 
Tema de abertura: Paulo Soares
Desenho de produção: Alessandro “Von Victor” Fonseca
Supervisão de efeitos visuais: Rafael Segnini

Coreografia: Gutemberg Lins
Coordenador de dublês: Hiroshi Watari

Direção: Ariel Wollinger e Fabiano Broki
Produção: Ariel Wollinger e Fabiano Broki (Supercluster), com Ricardo Cruz

Realização: Supercluster
Apoio: O2 Filmes, Vetor Zero/Lobo e Yamato Corp

5 comentários:

Usys 222 disse...

Muito bom o clipe! Deu para sentir bem o amor que a equipe tem pelo gênero. Imagino que a produção tenha sido bem custosa.

Os visuais são bem "retrô", no estilo dos anos 1980, o que ajuda na experiência de imersão. Interessante que o robô tem uns sinais de desgaste em algumas partes. Bem parecido com os modelos antigos de brinquedos do tipo, em que a parte cromada, ou mesmo metálica mesmo, era arranhada devido ao atrito das peças na hora da transformação. Essa foi muito bem sacada!

E é bom ver que Hiroshi Watari ainda está em forma. Incrível como ele consegue se movimentar tanto! Eis a prova de que idade não é motivo para depreciação.

Ricardo Cruz põe bastante espírito na voz. Exatamente como deve ser um membro do JAM. Parabéns a ele e a toda a equipe por uma obra feita com sentimento.

Gabriel Silva disse...

Muito bom. Eu diria que o vídeo tem o espírito do tokusatsu, no sentido de compensar o orçamento limitado com criatividade e vontade de produzir algo interessante. E, sinceramente, o resultado ficou melhor que muito clipe de artista mainstream por aí.

Interessante também foi ver o Cauê Moura no papél de "monster of the week". Sem querer ofender, mas acho que o persongem caiu como uma luva, tem a cara dele mesmo :).

Alexandre Lancaster disse...

Eu achei muito bacana. É nostálgico mesmo, nem tem como negar isso. :)

pierrot disse...

Queria ter adquirido o cd. Esse anime friends foi especial para os fãs de Toku, não só com On the Rocks, mas também com a vinda do mestre Tetsuo "Kotaro Minami" Kurata.
Tinha que vir no seu blog para saber se tinha comentado a respeito Alexandre hehe.
Eu adorei o clip. Me enche de alegria ver que os brasileiros tem potencial e criatividade para fazer uma produção similar ou a frente as produções internacionais. O que nos falta é iniciativa e suporte pois as grandes mídias do nosso país só estão interessadas no mais do mesmo: um lixo ideológico regado geralmente a promiscuidade.
Ainda sonho com a ascensão de um herói nacional, que seja simbolo e exemplo que nos ajude a resgatar tanto a nostalgia como os bons valores desse país.
Já que você falou dessa produção brasileira em homenagens aos tokusatsus, eu te recomendo falar do recente game lançado há algum tempo que foi feito por brasileiros: CHROMA SQUAD.

Ale Nagado disse...

Fala, Usys!

O Ricardo é mesmo um cara iluminado. Basta ver a trajetória dele pra constatar. E eu tive o prazer de acompanhar o crescimento dele como cantor. Se uma gravação já é bacana, posso dizer que ao vivo é uma grande experiência ouví-lo cantar. E legal esses detalhes que observou. O pessoal realmente deu tudo de si por esse trabalho. Que foi produzido, a maior parte, de forma independente, com recursos próprios.

Gabriel:
Sabe que eu não conhecia esse Cauê Moura? Ele se encaixou direitinho no projeto e deve ter se divertido muito, como todos os envolvidos.

Lancaster, há quanto tempo!
Nostalgia é a palavra certa pra descrever esse vídeo e a própria canção do Ricardo. Uma homenagem e tanto a uma geração que criou séries ingênuas e divertidas.

pierrot:
O On The Rocks funciona como homenagem, mas não sei se emular heróis japoneses seria o melhor caminho para uma produção nacional viável e de apelo popular. Mas com essa experiência os realizadores podem buscar algo autoral e bem interessante. Como não acompanho games, pouco sei sobre o Chroma Squad, mas dei uma olhada na web. Sugestão anotada.

Abraços a todos!