7_Visual_Kei CDJapan

quinta-feira, 10 de abril de 2014

Boletim 54 - Surge Ultraman Victory!

Programa semanal do Universo Ultra irá trazer as aventuras de um novo herói ao lado do já conhecido Ultraman Ginga
Ultraman Victory, o
novo e misterioso personagem
A série Ultraman Retsuden (Biografias) realmente conquistou espaço e fincou o pé como o horário semanal dos Ultras na TV japonesa. Além dos resumos, melhores momentos e seleções de episódios clássicos e filmes, o programa (exibido todo sábado na TBS) já apresentou uma minissérie de Ultraman Zero e uma outra mini, com o herói inédito Ultraman Ginga. Uma série de curtas em animação chamada Dai Kaiju Rush também deu as caras, fazendo do programa uma verdadeira viagem épica ao Universo Ultra. Agora, mais uma novidade está agitando os fãs no Japão.



O jovem protagonista
Kyotaka Uji
Foi anunciada recentemente uma nova temporada de Ultraman Retsuden, com um novo herói. O programa, a partir de julho, irá exibir a série Ultraman Ginga S, com as novas aventuras do personagem que estreou em julho do ano passado. Essa fase vindoura será coestrelada por um novo herói, Ultraman Victory, com um design radicalmente diferente do tradicional. 

Ultraman Ginga S terá 16 episódios veiculados dentro da nova temporada de Shin (Novo) Ultraman Retsuden, sendo que os primeiros 8 irão ao ar entre 15 de julho e 2 de setembro. Os restantes entre 4 de novembro e 23 de dezembro. 

Para o papel de Victory, o jovem ator de 20 anos Kyotaka Uji, escolhido em uma seleção de elenco para interpretar o mais novo herói da franquia. O diretor será Koichi Sakamoto, que causou grande impacto nos cinemas japoneses com a arrojada aventura A Lenda da Galáxia Ultra, lançado no Brasil como Mega Batalha na Galáxia Ultra. A nova produção pode ser interessante, mas a Tsuburaya Pro ainda está devendo aos fãs mais exigente um longa-metragem no nível das produções estreladas por Ultraman Zero entre 2009 e 2012. 

Fonte: blog.m-78.jp 

Novo design é um dos mais
arrojados e ousados dentro
da franquia Ultraman

7 comentários:

Bruno Seidel disse...

Gostei do visual do Victory. Parece bem diferente e ousado mesmo. Me lembrou um pouco o Faust, da série Ultraman Nexus (talvez por causa das cores).

Pelo que entendi, ele será um Ultra secundário nessa nova temporada do Ginga, certo? Ou seria uma "passada de bastão"?

Também sinto que a Tsuburaya deveria manter aquela pegada dos filmes do Zero (exceto o terceiro da trilogia, que foi muito focado nas cantoras da AKB48). E ainda tenho muita vontade de ver uma série ao estilo de Nexus (2004), que na minha opinião é uma das melhores já produzidas.

Robinson Oliveira disse...

Sempre é bem vindo novos personagens na franquia, ULTRAMAN, para dar continuidade. Isto reafirma a força dos Heróis da M-78 enquanto a TOEI continua com seu leque de Riders e Sentai todos os anos.

Ale Nagado disse...

Fala, Bruno!

Achei interessante a combinação de cores do Victory, mas ainda acho meio estranho o design. Devo lembrar que, quando o Tiga foi anunciado, não gostei do visual quando vi. Porém, as histórias eram tão boas que acabei aceitando e gostando do visual, tanto que o Tiga é um dos meus Ultras favoritos até hoje.

E tomara que façam logo um filme grandioso como foram os dois primeiros do Zero. O terceiro não é ruim, muito pelo contrário. Mas os dois primeiros dão um banho na concorrência com louvor e têm qualidade de produção de nível internacional. Que venham mais obras assim.

Abraço!

Ale Nagado disse...

Olá, Robinson!

Uma coisa que gosto nos Ultras é o senso de continuidade. Os Ultras do passado nunca são esquecidos. Mesmo na série do Ginga, Ultraman Taro era personagem coadjuvante, e ainda foi dublado pelo Hiroya Ishimaru, seu dublador oficial desde 1984. Isso é respeito com o público.

Abraço!

Usys 222 disse...

Esse é bem diferente. E é um dos poucos Ultras que usam detalhes em preto (os que me vêm à cabeça agora são o Gaia V2 e o Agul). Será que ele vai ser um personagem rival, ao menos no começo?
E o diretor vai ser o Koichi Sakamoto? Então eu boto fé. As cenas de ação dele são muito boas.

Robinson Oliveira disse...

O respeito e a tradição acompanha os Ultras, e o sucesso só poderá continuar com a valorização destes conceitos.

Ale Nagado disse...

Usys, realmente saber que o Koichi Sakamoto irá dirigir dá esperança de que a nova série seja legal. E com poucos episódios dá pra fazer uma série bem enxuta. Vamos ver.

Robinson, acho que o grande trunfo da Tsuburaya é saber lidar bem (na maioria das vezes) com as diferentes gerações. E pelo visto, isso deve continuar.

Abraços!!