RECADO AOS VISITANTES:

Olá! O blog ainda está de férias, mas já estou trabalhando em novas postagens. O Sushi POP voltará a ser atualizado no dia 1 de agosto (terça), no período da tarde.

O que vem por aí:
- Ultraman Geed, Novo Lobo Solitário, Katokutai, Pinóquio de Osamu Tezuka, Danger 3, resultado da convocação para trabalhos acadêmicos e mais!

Esteja aqui para conferir. Até breve!

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Memória do mangá no Brasil: Revista Venice, 1999

Créditos da capa
Desenho: Nagado
Cores: Rod Reis
Fundo: Sam Hart
Em setembro de 1999, a hoje extinta revista Venice mag, voltada a esportes radicais, moda, cultura, sexo e comportamento, colocou o assunto mangá como matéria de capa. 

Na época, nenhum mangá original estava sendo publicado no Brasil, havia algumas tentativas aqui e acolá de títulos nacionais e existiam as publicações que falavam de mangá, animê e seriados japoneses. 

A internet ainda não ameaçava as publicações impressas e não havia muitas opções de informação ou títulos para ler. Mas, graças aos desenhos na TV e inúmeras reportagens na mídia, o mangá era um assunto quente e não restrito a nichos de mercado. 


A Venice era uma revista em formato de bolso (11,5 x 15,5 cm, com 114 páginas), gratuita por ter muitos anúncios e tinha como público principal a galera ligada em surf, skate e baladas. A ideia da reportagem era explicar um pouco sobre mangá e mostrar algumas pessoas envolvidas com o assunto, seja desenhando ou escrevendo sobre. 

Na época, me procuraram para participar, posando para uma foto em estúdio e dando um depoimento. Porém conforme as conversas evoluíram, acabei me envolvendo bastante com a edição, desenhando a capa e escrevendo um artigo para encerrar o especial. (Nota: Tempos depois, até colaborei com outra edição, com uma série de caricaturas de personalidades dos esportes radicais.)

Além de mim, os ensaios do "especial mangá" também apresentaram o Marcelo Del Greco, André Miyazawa, Ulisses Perez e as graciosas Lilian Maruyama e Denise Akemi. A produção fotográfica foi caprichada e todos foram bem valorizados. Tirando o Del Greco (que está editando mangás na Nova Sampa), os demais eu não sei por onde andam ou o que andam fazendo. Resolvi postar esse material como registro histórico de uma época anterior ao boom ocorrido depois com a publicação em massa de mangás originais. Não deixa de ser um registro de época.

Confira agora na plataforma Issuu a histórica matéria completa, diretamente das páginas da Venice mag de setembro de 1999:

6 comentários:

Usys 222 disse...

Na verdade, nunca tinha ouvido falar dessa revista. Mas é curioso notar que ela é voltada a pessoas diferentes do "otaku" típico, o que mostra que o assunto despertava interesse em outros tipos de público também.
E também dá para ver que esse esforço para divulgar a Cultura Pop Japonesa e os Quadrinistas Brasileiros é de longa data.

Ale Nagado disse...

Até ser convidado para participar da matéria, também nunca tinha ouvido falar da Venice, por não ter afinidade com o público-alvo. E esse foi o lance mais interessante da matéria, não só se propor a explicar sobre mangá para um público não-iniciado, como também mostrar quem são algumas pessoas que lidavam com o assunto na época.

Hoje o nicho está cada vez mais fechado e hermético, o que no geral não é bom.

Abraço!

Natália Maria disse...

Assim como o comentário acima eu nunca tinha ouvido falar dessa revista. Se bem que na época eu devia ainda estar aprendendo a ler.

Naquela época deve ter sido uma surpresa ler sobre algo desconhecido do público. E revistas não tinha a grande concorrência da internet, como acontece nos dias de hoje. Contudo, há quem goste das revistas impressas (eu) e da valor a quem escreve...

Até mais

Ale Nagado disse...

O bacana dessa matéria foi exatamente isso: apresentar o mangá pra um público totalmente novo. Falta isso hoje em dia. E quando fazem, fica uma sucessão de bizarrices, puxando só para o lado exótico. O grande mérito da Venice até hoje foi ter dado um tratamento muito respeitoso e ouvindo gente da área. E as seções de fotos foram muito legais, fomos tratados como artistas, não como gente de gosto "exótico".

Abração!

Refer disse...

Alexandre, long time no hear...

Estava procurando uma capinha (da Venice) para postar no FB e cheguei aqui. A reportagem sobre mangá foi uma sugestão minha para a editora da revistinha, Daniela Santarosa. Também sugeri as pessoas que deveriam falar sobre o assunto e ser fotografadas. Deu tudo certo. A Daniela ficou tão encantada com o assunto que ela pediu para o Ulisses fazer um SD dela, para ela tatuar.

Até!

rené ferri

Alexandre Nagado disse...

Olá René, há quanto tempo!

A Venice deixou uma lembrança muito bacana e querida. E é legal ter você registrando comentário neste blog. Espero que encontre algo que lhe desperte o interesse no Sushi POP.

E mande um email pra mim quando puder. Vamos atualizar nossos contatos. Mande noticias.

Grande abraço!