sexta-feira, 31 de maio de 2013

Boletim 48: Exposição "Japão - O Reino dos Personagens"

Alguns personagens da década de 1970 que
se tornaram ícones da cultura pop japonesa
Exposição investiga influência do mundo pop na sociedade japonesa

Mazinger Z, de Go Nagai,
é desconhecido do
grande público
brasileiro, mas é
referência no Japão
A Fundação Japão está trazendo ao Brasil, em parceria com o Sesc SP, a exposição JAPAN: Kingdom of Characters (Japão: O Reino dos Personagens). Depois da boa repercussão da mostra Ukiyo-e Heroes, chega ao nosso país mais uma atividade ligada ao universo da cultura pop, em um projeto ainda mais ambicioso. Desta vez, vai relacionar a enorme produção japonesa com fatores sociais e culturais do país. E, de forma integrada, vai mostrar Hello Kitty, Kamen Rider, Ultraman, Pokémon e tantos outros como ícones pop que se integram à sociedade japonesa, buscando razões e explicações para diversos fenômenos de popularidade que se estenderam a vários outros países. 

A exposição acontece de 7 a 25 de junho de 2013, no Sesc Carmo, no centro de São Paulo - capital. Depois, em datas a serem anunciadas, irá para outras capitais brasileiras, como Curitiba, Recife, Manaus, Belém, Brasília e Rio de Janeiro. O evento no Sesc ainda vai abrigar a mostra integrada No reino dos tamagotchis, com bichinhos virtuais com os quais o público poderá interagir, além de oficinas, aulas abertas e contação de histórias. 

Confira abaixo trechos extraídos do material para imprensa que recebi, mais a programação do evento no final da postagem.

(Agradecimentos a Erico Marmiroli)

Do press release:

Reino dos Personagens
O que seriam personagens? Por que um certo personagem é criado e qual motivo o torna popular? Que tipo de sociedade eles representaram? Nesta exposição, personagens “populares” que qualquer japonês é capaz de reconhecer como o Ultraman, o Astro Boy, a Hello Kitty, o Pokémon (Pikachu), e mascotes (yurukyara) serão apresentados em forma de  painéis, vídeos e bonecos. Desta forma, constataremos a influência que esses personagens exerceram na sociedade japonesa e ao mesmo tempo, apresentaremos seu mundo de modo abrangente. 

A existência de produtos com esses personagens é ainda mais significativa. Juntamente com itens comuns como bichinhos de pelúcia e artigos de papelaria, esses produtos englobam uma enorme e variada gama de itens, desde acessórios de moda e artigos de uso diário a anúncios e serviços. 

Ao longo de cada período, a extensão e a variedade desses itens aumentaram de modo a abranger todas as facetas da vida dos japoneses. Outro aspecto importante é a mudança dos perfis de consumo: de crianças para adultos, de uso familiar para pessoal, de entretenimento para suprimento de necessidades psicológicas.”, afirma Hiroyuki Aihara, presidente da Character Research Institute Co. Ltd, no folder do evento. 

A exposição, que já passou por países como Itália, Taiwan, Hungria, França, Austrália, Espanha, Inglaterra, Malásia e Turquia, está dividida em quatro partes. Ela apresenta ambientes onde o visitante terá a oportunidade de recordar (ou conhecer) alguns personagens que emergiram ao longo de cada década. São todos ícones destacados até os dias de hoje, e apontam vias para compreender as mudanças na sociedade japonesa que eles proporcionaram e as possibilidades de design de produtos lançados a partir deles.

Atualização:
Fanpage do Sesc Carmo (com fotos da exposição)


TOME NOTA:


Exposição JAPAN: Kingdom of Characters
7 a 25 de junho de 2013
segunda a sexta, das 9h às 19h30
sábados, das 10h às 16h
Onde: Área de Convivência e Auditório - Sesc Carmo

ENTRADA GRATUITA
Classificação: livre

Local
Sesc Carmo (Sé)
Rua do Carmo, 147 - Centro
São Paulo - SP 
(Próximo à Estação Sé do Metrô)
Tel: (11)  3111-7000


Atividades Integradas
Exposição "No Reino dos Tamagotchis" 
Quando: De 6 a 28 de junho de 2013
Horário: Segunda à sexta, das 9h às 19h30
- Nos dias 8, 15 e 22/06, sábados, das 10h às 16h
Onde: Internet Livre – Sesc Carmo 
Quanto: Grátis

Contação - Histórias no Reino dos Personagens Japoneses
Quando: 8, 15 e 22 de junho (sábados)
Horário: 11h
Onde: Itinerante pela Exposição JAPAN: Kingdom of Characters (JAPÃO: Reino dos Personagens)
Quanto: Grátis

Aulas Abertas - Adereços Para Sua Fantasia de Cosplay
Quando: 8, 15 e 22 de junho (sábados)
Horário: das 14h às 15h30
Onde: Salão 2 – Sesc Carmo
Quanto: Grátis

Aulas abertas - Crie Seu Personagem de Papel
Quando: 8, 15 e 22 de junho (sábados)
Horário: das 10h às 16h
Onde: Salão 2 – Sesc Carmo
Quanto: Grátis

Oficina - Cartões em Kirigami 3D – Pop Up
Quando: de 10 a 19/06 (segundas e quartas)
Horário: das 10h às 12h
Onde: Ateliê - 2º andar – Sesc Carmo
Quanto: R$ 10,00 (comerciários), R$ 20,00 (usuários e dependentes) e R$ 40,00 (inteira)

Cardápio oriental
Quando: 8, 15 e 22 de junho (sábados)
Horário: das 11h às 14h45
Onde: Restaurante 1 – Sesc Carmo
Quanto: Consulte os preços no local

Realização
Fundação Japão
Sesc SP

Sites

12 comentários:

Natália Maria disse...

São exposições ótimas, especialmente essa a do Reino dos Personagens. Contudo, fico chateada em saber que não tem exposição aos domingos. É o único dia que poderia ir. =/

Bruno Seidel disse...

NOSSA!!! Que legal essa iniciativa. Pena que eu moro tão longe de São Paulo e precisaria desembolsar uns R$ 1 mil pra poder prestigiar essa exposição. É um tema que eu gosto bastante, principalmente por aprofundar-se nessa questão envolvendo personagens. Esse tipo de coisa não costuma se ver em eventos "Anime algumacoisa", infelizmente. Mas tomara que seja um sucesso e que ocorram outras edições.

Rogério disse...

Oi Nagado,

Parece tudo bem interessante.

Infelizmente este tipo de evento é até raro por aqui.

Até hoje não entendi como Sampa não tem uma "convenção" de HQs.

Existem eventos como o FIQ ou a Multiverso ComicCon em Porto Alegre, mas o maior mercado do país, sede de vários criadores e editoras não tem uma convenção decente com a visita e palestras de profissionais. Vai entender.

O HQMix não conta. Está mais para feirão.

Rogério disse...

Opa: HQMix é o prêmio. Eu me referia à FestComix.

Desculpem-me pelo engano.

Ale Nagado disse...

Natália, se você conseguir dar uma "escapadinha" dos seus compromissos, parece que vai ser bem interessante. Talvez pra quem lide com os assuntos não acrescente muito, mas é sempre bom ver iniciativas assim para o grande público.

Bruno, a mostra vai ser itinerante por unidades do SESC pelo país. Se tiver um SESC na sua cidade ou perto dela, vale a pena perguntar se tem chance de incluir no circuito. Não custa tentar sugerir.

Rogério, realmente faz falta grandes eventos de HQ em São Paulo. Em 1994 (acho) teve uma grande convenção bancada pela Escola Panamericana de Arte. Veio um monte de autores, incluindo o Will Eisner (de quem consegui autógrafo) e o Howard Chaykin. Não me lembro de ter visto nada desse porte depois, focando só em HQ.

Abraços a todos e obrigado pelas participações!!

Abração

kairasensui disse...

Favoritado e marcado! Vou arrastar uma galera pra essa exposição, muito bom! Obrigado pela dica.

Ale Nagado disse...

Opa, seria legal se depois você passasse aqui de novo pra comentar o que achou.

Eu vou ficar na vontade, pra variar. Morar longe de Sampa me deixa de fora de muita coisa legal. Pelo menos dá pra avisar o povo que curte.

Divirtam-se!

Abraço!

Bruno Seidel disse...

Opa!! Boa ideia! Tem um grande amigo meu que trabalha no Sesc aqui de Santa Cruz, no departamento de Marketing. Vou falar com ele sobre isso. Abraços!

Kauê disse...

Dei um pulo nessa exposição e tirei algumas fotos. Coloquei no album do facebook, mas você não tem mais né?

Aproveito pra deixar contigo o link do novo texto que eu publiquei, como você não tem mais Twitter, não teria como comunicar:
http://chuvadenanquim.wordpress.com/2013/06/14/otakismo-um-panorama-da-arte-contemporanea-japonesa/

abraço

Ale Nagado disse...

Opa, e a exposição é bacana? Pena que não conseguirei passar em Sampa até o final do evento. Mas já avisei meus sobrinhos pra irem. Afinal, apresentei Ultraman e Kamen Rider pra dois sobrinhos, eh eh.

Valeu a dica do novo post.

Facebook eu realmente deixei pra trás, por enquanto não penso em reativar. É invasivo demais, mesmo com todos os cuidados que se toma. Basta que um parente não seja discreto que você expõe a família a stalkers e elementos duvidosos.
Mas o Twitter talvez eu reative logo, logo. Estou, como disse, numa fase turbulenta demais e preciso me focar em outras coisas.

Valeu.
Abração!

Kauê disse...

É bacana sim. Claro,para nós que estamos imersos nessa cultura, a exposição diz o óbvio, mas tem amostra de vídeos, estátuas e boa contextualização histórica.

Uma criança lá pirou na animação de Gundam (o de 79 mesmo). O amigo dele chamou de 'Power Rangers' em desenho haha. Fiquei impressionado como algo datado, mas de qualidade, consegue ainda seduzir olhos descompromissados.

Umas fotos que tirei lá:
https://fbcdn-sphotos-a-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn1/1011734_428241673949753_50449331_n.jpg

https://fbcdn-sphotos-b-a.akamaihd.net/hphotos-ak-ash4/1589_428241050616482_2086207920_n.jpg

https://fbcdn-sphotos-f-a.akamaihd.net/hphotos-ak-prn1/1011898_428241707283083_1909541616_n.jpg

Ale Nagado disse...

Obrigado por compartilhar aqui esse material. Realmente, parece bem interessante. O que eu achei legal foi a ideia de contextualizar para o público a importância de certos personagens em seu país de origem. Ainda que Gundam tenha tido produções mais modernas vistas por aqui. Mas é engraçado ver o público em geral classificar tudo que envolva monstros e robôs gigantes como "Power Rangers".

Abraço!