RECADO AOS VISITANTES:

Olá! O blog está de férias, mas já estou trabalhando em novas postagens. O Sushi POP voltará a ser atualizado no dia 1 de agosto (terça), no período da tarde.

O que vem por aí:
- Ultraman Geed, Novo Lobo Solitário, resultado da convocação para trabalhos acadêmicos e mais!

Esteja aqui para conferir. Até breve!

segunda-feira, 26 de março de 2012

Summer Wars - Salvando o mundo em família

Conheça um divertido mangá de ação e romance que fala sobre honra, deveres e os desafios da vida em família. 


Summer Wars - Jovens encarando
seus medos e amadurecendo para
salvar o mundo.
No Japão, é comum que séries em quadrinhos de sucesso sejam adaptadas na forma de animê. O inverso também ocorre, como no caso de Summer Wars, grande sucesso da animação cuja história foi lançada no Brasil através da versão em mangá, publicada em 2011 de forma completa pela JBC.


UM VERÃO DIFERENTE

A história apresenta o estudante colegial Kenji Koiso, um tanto complexado por não conseguir grandes conquistas na vida e que é apaixonado pela popular veterana Natsuki Shinohara. Aqui, vale um parênteses: 
Em qualquer ramo de atividade, e marcadamente no universo estudantil japonês, os mais novos costumam chamar os mais velhos ou experientes de "senpai". Isso denota respeito e admiração. Kenji chama sua amada Natsuki de "Natsuki senpai". Traduzindo, "veterana Natsuki". Pode ser estranho para a cultura brasileira chamar alguém assim, mas representa bem o formalismo das relações japonesas. No enredo, também reforça o senso de inferioridade de Kenji em relação a Natsuki, vista como segura e confiante. Entender isso é importante para que o desenrolar da história ganhe mais sabor.



Kenji, junto com o amigo Takashi Sakuma, trabalha na manutenção de sistemas da grande rede social OZ, que conecta quase toda a população da Terra e que possui inúmeras interligações com o mundo real. Em OZ, as pessoas controlam avatares que circulam por um mundo complexo e gigantesco. 


A vida pacata de Kenji toma outro rumo quando Natsuki o convida para viajar com ele até a cidade de Ueda para acompanhar a festa de 90 anos de sua bisavó, a sábia e bondosa Sakae Jinnouchi. Chegando lá, o atrapalhado garoto é apresentado como namorado de Natsuki, tendo sido ideia da garota apresentá-lo à sua avó e deixá-la feliz. Confuso no mundo real e jogado no meio de uma grande família, o mundo virtual do qual Kenji faz parte também entra em turbulência. 


Uma misteriosa entidade chamada Love Machine - que apesar do nome, tem uma forma ameaçadora - começa a roubar senhas e absorver avatares de outros usuários. O programa foi desenvolvido por Wabisuke, filho adotivo de Sakae e por quem Natsuki é apaixonada. Comprado pelo governo norte-americano e testado para uso militar, Love Machine foge ao controle e passa a aterrorizar OZ. Roubando senhas e ampliando seu poder, a Love Machine acaba interferindo em diversos serviços no mundo real, gerando um caos global, como o colapso de serviços essenciais. E quando ela assume o controle de navegação de um satélite e ameaça jogá-lo sobre uma usina nuclear, uma tragédia se anuncia.
King Kazma, o herói de OZ (versão animê).
Cheio de coragem e tendo que encarar o desafio de sua vida, Kenji resolve tentar desafiar o software inteligente. Ele conta com a ajuda de King Kazma, lutador virtual controlado pelo garoto Kazuma, primo de Natsuki. Ela própria se envolve na luta, mostrando que carrega sim a coragem característica de seu clã e personificada plenamente na bisavó Sakae. Toda a família se mobiliza para ajudar Kenji e salvar o mundo. São pessoas comuns, com problemas e defeitos e que nem sempre se entendem, mas que se importam umas com as outras. 


Para quem foge um pouco de tramas muito extensas de dezenas de volumes, é uma ótima opção de mangá curto, bem resolvido e com muita qualidade. Mais do que recomendado. 
Natsuki: Insegura apesar
de ser vista como confiante,
ela tem um legado a honrar.


NOTAS DE BASTIDORES


- O mangá de Summer Wars começou a ser publicado na edição de julho de 2009 da revista mensal Young Ace (Ed. Kadokawa), voltada a jovens adultos. Seus 13 capítulos (e mais uma história curta extra) foram reunidos em 3 encadernações. A fama dos autores do animê permitiu que fosse licenciada uma versão em mangá antes da estreia nos cinemas.


- A tarefa de adaptar o enredo e personagens ficou a cargo da autora Iqura Sugimoto, que desenvolveu a trama de um modo bastante pessoal e diferente do animê. Ou seja, o mangá de Summer Wars é inspirado no animê, mas não é uma adaptação, sendo uma variante do original. O traço é simpático e expressivo e é excelente na caracterização de tipos físicos variados. Certamente o referencial foi o traço de Yoshiyuki Sadamoto, mas o mangá tem personalidade própria e uma narrativa envolvente. 


- O sucesso do personagem King Kazma acabou gerando a série solo Summer Wars: King Kazma vs Queen Ozu, assinada por Yumehito Ueda e veiculada na revista Comp Ace (Kadokawa).


O ANIMÊ


Trailer do premiado longa que deu origem ao mangá

Com história original e direção de Mamoru Hosoda, roteiro de Satoko Okudera e desenho de personagens de Yoshiyuki Sadamoto (de Evangelion), Summer Wars chamou a atenção por reunir novamente o diretor e a roteirista do grande sucesso Toki wo kakeru shojo (ou "A garota que correu através do tempo"), de 2006. Com Sadamoto completando o núcleo criativo e produção do estúdio Mad House, o resultado foi uma obra bastante elogiada, que estreou em seu país em agosto de 2009 e arrecadou mais de 18 milhões de dólares, uma grande marca para o mercado japonês. 


Voltada a um público juvenil e adulto, Summer Wars não se rendeu aos modismos, conseguindo uma obra moderna e equilibrada. O resultado foi o reconhecimento como melhor animação em 2010 na premiação da Japan Academy Awards, espécie de Oscar local. Em maio de 2011, foi exibido em um festival de animação em São Paulo, capital, chamado "Criança entra x Criança não entra".


A trilha sonora foi composta pelo aclamado tecladista e arranjador Akihiko Matsumoto. Premiado autor de trilhas sonoras, são dele as músicas de fundo do game Resident Evil (PS2). Também tocou teclados e fez arranjos para vários trabalhos da dupla Chage and Aska, entre outros. 


A música tema "Bokura no natsu no yume" (ou "Nosso sonho de verão") foi composta e cantada por Tatsuro Yamashita, um dos nomes mais respeitados da música pop japonesa e autor da famosa canção "Christmas Eve". Confira a canção, que chegou à 8ª posição na parada musical da Oricon em 2009.




"Bokura no Natsu no Yume" ("Nosso sonho de verão"),
de Tatsuro Yamashita



Promoção Loja Mangá Mania e Blog Sushi POP!

Como participar:
Entre no Twitter.com, siga @ale_nagado e @lojamangamania e dê retweet em um post da promoção Summer Wars. Ou você pode postar a frase da promoção:


ATUALIZAÇÃO: 09 de abril
Resultado da promoção Summer Wars!!
O perfil de Twitter sorteado foi o @hugones84
Aguarde contato da Mangá Mania para receber sua coleção em casa! Obrigado a todos os que participaram!


Não ganhou desta vez? 
- Você pode adquirir já sua coleção completa diretamente no site da loja:
www.mangamania.com.br                                                            

2 comentários:

Erushi disse...

O anime é fantástico!

Alexandre Nagado disse...

Como já foi exibido no Brasil em um festival de cinema, acho que há boas chances de ganhar lançamento oficial em DVD. Será ótimo se acontecer.

Abraço!