sábado, 14 de janeiro de 2012

Boletim 21: A nova versão da última aventura da Patrulha Estelar original




Antes da estreia do remake da Patrulha Estelar, o público japonês poderá conferir a versão "Director´s Cut" do último longa-metragem da cronologia original. Lançado em 2009, o animê Yamato Rebirth trouxe remanscentes da tripulação original do Yamato numa época 17 anos depois do longa Yamato Final, de 1983. Pra quem não sabe, esse longa se passou após os eventos da série III, sobre a destruição do Sol, série exibida na antiga TV Manchete



Com cerca de 30 minutos de novas imagens, esse longa também terá trilha sonora modificada, novos diálogos e diferenças marcantes com a versão exibida originalmente nos cinemas. O trabalho foi feito baseado nas anotações e declarações do coautor, produtor e diretor Yoshinobu Nishizaki, que faleceu em 2010. 


A versão do diretor será exibida em somente dois cinemas (Tóquio e Osaka) entre 28 de janeiro e 3 de fevereiro, como parte da campanha promocional das cópias em DVD e Blu-ray, a serem lançadas pela Bandai em 23 de março.


Site oficial: yamatocrew.jp/crew/

4 comentários:

hamleprimeiro disse...

Oi Nagado,

Director's Cut de filme animado é meio estranho. Tudo bem que o processo de produção nos EUA é um tanto diferente do que no Japão, mas pelo que sei um filme animado é "editado" ao máximo na fase de storyboard, justamente para que entre na fase de animação com as cenas e história o mais definidas possível e evite o desperdício de tempo e dinheiro. Normalmente o diretor de um filme animado já escolhe seus takes antes da animação começar.
Se falei alguma besteira, por favor Nagado, pode me corrigir.
De qualquer jeito sou fã de Yamato e vou querer ver esta verão também.
Se um fã de Star Trek é trekker como se chama o fã de Yamato?

Alexandre Nagado disse...

Olá. Na verdade, não é tão estranho assim. Às vezes, cenas inteiras são feitas e depois descartadas na edição, para não estourar o tempo.

Ou então, algumas coisas que já se sabe que não entrarão são finalizadas propositalmente, para impulsionar as vendas de DVD e Blu-ray. De qualquer forma, pode ter existido muita interferência de patrocinadores para a edição final (algo comum em grandes estúdios).

Essa versão do diretor que estão anunciando parece ser bem diferente da que foi lançada originalmente. Deve valer uma conferida, ao menos.

E sobre a definição de fãs do Yamato, eu realmente não sei. Há uma base bastante sólida de fãs de Yamato no Japão, mas não sei se existe para eles ou entre eles alguma definição específica.

Abraços!

hamleprimeiro disse...

Valeu pela resposta, Nagado.

DIO disse...

Nesta versão com extras, será apresentado o final alternativo que perdeu, numa votação efetuada por um público selecionado antes do lançamento, para o final que foi exibido em 2009.
(Ah! Também gostaria de saber se existe uma definição dos fãs de Yamato no Japão, rsrsrs)