RECADO AOS VISITANTES:

Olá! O blog ainda está de férias, mas já estou trabalhando em novas postagens. O Sushi POP voltará a ser atualizado no dia 1 de agosto (terça), no período da tarde.

O que vem por aí:
- Ultraman Geed, Novo Lobo Solitário, Katokutai, Pinóquio de Osamu Tezuka, Danger 3, resultado da convocação para trabalhos acadêmicos e mais!

Esteja aqui para conferir. Até breve!

quinta-feira, 28 de julho de 2011

BOLETIM SUSHI POP - 3

AKB48 - O ápice do marketing japonês na indústria pop
AKB48 - FÁBRICA DE SUCESSOS
Um dos nomes de maior sucesso atualmente na Terra do Sol Nascente é o do coral feminino AKB48. Forjado no bairro de Akihabara (a "Meca" dos otaku), trata-se de um grupo criado em 2005 pelo produtor e letrista Yasushi Akimoto. O AKB48 representa o ápice do pensamento marqueteiro na indústria pop japonesa e entrou até para o Guiness Book, como o conjunto musical pop com o maior número de integrantes. Se o público japonês tradicionalmente gosta de modelos-cantoras-atrizes-dançarinas de voz infantil e aguda, por quê não juntar 48 delas em um só grupo?

Divididas em vários subgrupos (Team A, Team B, etc...) que lançam os singles separadamente e com algumas já em carreira solo paralela, as garotas têm uma agenda cuidadosamente calculada. Aparecem em comerciais de TV, dramas (as novelas de lá), seriados, revistas, clipes, shows... Suas integrantes são facilmente substituíveis (e algumas já foram mesmo) e oferecem a dose de sonho que o público médio busca. 
Todas têm o biótipo de ninfeta e estampam luxuosos livros com ensaios sensuais de biquíni e lingerie, incluindo as que são menores de idade (algo comum na mídia japonesa), o que ainda deve dar o que falar no ocidente. Seu DVD intitulado “AKB ga Ippai ~ The Best Music Video” atingiu o topo das paradas da Oricon e recentemente quebrou o recorde de maior venda de DVD para uma artista feminina, com 324 mil cópias vendidas. 


O som delas até que não compromete, pois a máquina de dinheiro que as movimenta contrata bons produtores e compositores, sem contar o próprio criador do grupo, ele mesmo um letrista respeitado que sabe escrever músicas que atingem seu público e até já compôs para a lendária cantora Misora Hibari. A fórmula "coral de modelinhos" está longe de se esgotar. Akimoto, que também produz os similares SKE48 e SDN48, já seleciona candidatas para outro grupo, o Nogizaka 46 e ainda planeja um similar em Taiwan. E o público vai atrás, comprando música pelo visual de quem canta. Bom, postei isso mais para registrar algo atual no mundo da música pop japonesa, que obviamente não se restringe a grupinhos pré-fabricados (ainda bem). Cá entre nós, esse tipo de som pop dançante com vozes infantis não me desce muito bem, nem o pensamento meramente mercantilista e explorador que o criou. Enfim, está feito o registro. 


AKB48 – Site oficial 


SAMURAI X – 15 ANOS
A famosa série de mangá e animê Samurai X (Rurouni Kenshin), do autor Nobuhiro Watsuki, comemora 15 anos em grande estilo. Nova série de TV e uma badalada versão live-action estrelada por Takeru Sato (o Kamen Rider Den-O) como Kenshin e Emi Takei como Kaoru. A produção está sendo conduzida pela filial japonesa da Warner Bros e o lançamento será em 2012. Além disso, versões em Blu-ray dos especiais de vídeo de Kenshin e do longa em animê (já exibido no Cartoon Network) também serão lançadas no Japão. Acompanhei boa parte da série original e, apesar dos alívios cômicos meio forçados, é uma obra épica com grandes momentos e que merece toda essa agitação em torno dela.


Aqui, você confere o trailer do game Rurouni Kenshin Sasen, baseado na saga da Juppongatana, que foi lançado em março para a plataforma PSP.





A QUEM PERTENCE O LICENCIAMENTO DOS ULTRAS CLÁSSICOS?
Existe, há décadas, uma batalha judicial internacional entre a Tsuburaya Pro, que produz os Ultras, e a Chaiyo, empresa tailandesa que clama os direitos de licenciamento internacional das séries clássicas. Tudo começou nos anos 1970, depois de uma parceria entre a Tsuburaya e a Chaiyo que resultou em um longa (horroroso) dos Ultras com a divindade tailandesa Hanuman. Baseada em um contrato já considerado falso, a Chaiyo também clamava ter tido participação nunca creditada (ou registrada) na criação de Ultraman. A briga judicial tem se arrastado por anos e a empresa UMC (do Japão), junto com a Tiga Entertainment de Hong Kong (ligadas à Chaiyo), tem clamado vitória em tribunal internacional e está licenciando as séries clássicas em vários países, inclusive no Brasil, via Masterpiece HD, conforme já noticiado. 


Ultraman vol. 1, pela
Masterpiece HD
A própria Tsuburaya admite estar impedida de licenciar fora do país suas próprias séries (as antigas, que fique bem claro), mas tem alertado que ninguém pode até tudo se esclarecer. A disputa abrange até Jumborg Ace, produção da Tsuburaya de 1972 que não envolve o Universo Ultra. 


A Masterpiece HD veio a público dizer que negociou os direitos das séries com a UMC, que afirma ter contratos reconhecidos internacionalmente e até já lançou nos EUA material oficial.

Nesta semana, um tribunal japonês deu ganho de causa à Tsuburaya, decretando que nem a UMC e nem a Chaiyo podem negociar os Ultras. Não sou advogado e muito menos entendo de direito internacional e suas jurisdições. Também não posso dizer sobre as motivações e as condições em que ocorreram as negociações (até hoje mal explicadas) da parceria entre a Chaiyo e a Tsuburaya. O presidente da Tsuburaya na época, Noboru Tsuburaya, já é falecido e a briga começou depois de sua morte. A Tsuburaya é uma empresa como outra qualquer e está brigando pelos seus direitos. Então, não farei juízo de valores aqui.

Com certeza, nenhuma dessas situações irá afetar os planos da Masterpiece, que também já anunciou Ultraseven, O Regresso de Ultraman e até Spectreman. A série de Spectreman foi produzida no Japão pela P-Pro, que não existe mais e cujo espólio foi adquirido pela Tsuburaya. Porém, em momento algum, Spectreman apareceu entre as séries cujo licenciamento a UMC ou a Chaiyo brigavam. Spectreman não foi exibido no Brasil trazido direto do Japão, mas dos EUA por outro licenciante. Não está claro por qual via essa série foi negociada para DVD, mas no Japão pertence à Tsuburaya e, como disse, nada tem a ver com a disputa envolvendo Tsuburaya, Chaiyo e UMC. 



Independente de tudo isso, os primeiros 3 volumes de Ultraman, com 4 episódios cada, começam a chegar nas lojas em agosto. Como brinde, 5 cards em cada embalagem. O primeiro lote também será disponibilizado em formato box. O preço sugerido para os DVDs avulsos é de R$ 19,90. 

Masterpiece HD - Site oficial

NOVO LIVRO SOBRE CULTURA POP JAPONESA
Recentemente, finalizei uma ilustração para a capa de um novo livro sobre cultura pop japonesa. Criado como trabalho de conclusão de curso de um universitário, o trabalho será focado no universo do cosplay e da j-music no Brasil. Quando puder, divulgarei mais detalhes aqui.



sexta-feira, 22 de julho de 2011

BOLETIM SUSHI POP - 2

DIRETOR JAPONÊS NO ANIMA MUNDI 
Começa em SP, capital, mais uma edição do Anima Mundi, festival de animação já consagrado. E para quem curte animê de qualidade, a grande atração deste ano é a presença do diretor Shinichiro Watanabe, de Cowboy Bebop, Samurai Champloo, Michiko to Hatchin (animê vagamente ambientado no Brasil) e Animatrix, entre outros. É um profissional de enorme importância na indústria do animê. Watanabe estará no Rio de Janeiro nesta sexta, dia 22 de julho, e em São Paulo na quarta seguinte, dia 27 de julho. Chega a ser uma vergonha que nenhum evento que tenha a palavra “animê” no nome tenha até hoje trazido um diretor ou criador de animações. Escrevi sobre isso aqui.


Confira a programação completa do Anima Mundi 2011 no site oficial.

Veja também minha resenha sobre Cowboy Bebop - O Filme, que também faz parte do festival, quando de sua exibição em cinemas aqui no Brasil.


O FINAL DE JIBAN EM DVD
A série Jiban – O Policial de Aço (Kidou Keiji Jiban, Toei Co., 1989) foi um grande sucesso no Japão e no Brasil, sendo parte da linhagem dos Metal Heroes. Grande sucesso do auge do reinado dos seriados tokusatsu da extinta TV Manchete, Jiban pegou carona no sucesso mundial de Robocop, mas numa versão infantil para tokusatsu. Na ocasião de sua exibição por aqui, o final da série não foi exibido e sequer foi dublado. 

Para o lançamento da segunda caixa de DVDs pela Focus Filmes, a empresa Dubrasil irá dublar os dois últimos episódios e realizou uma enquete para escolher o dublador que substituirá o falecido Carlos Laranjeira, que havia dublado Naoto Tamura, o Jiban, na exibição original. Dois testes de voz foram colocados no site da empresa, sem divulgar os nomes para que o currículo deles não pesasse. A votação já foi encerrada e na segunda quinzena de agosto os fãs poderão conferir o trabalho. Na verdade, outras vozes devem mudar, pois a dublagem é antiga e o estúdio Álamo, que fez o trabalho original, encerrou atividades neste ano.


BAKUMAN NO BRASIL, PELA JBC
Um dos mangás mais comentados nos últimos tempos é Bakuman, grande sucesso da dupla Takeshi Obata e Tsugumi Ohba, os mesmos de Death Note. A história conta a trajetória dos amigos Mashiro Moritaka e Akito Takagi, que sonham em ser grandes mangakás (autores de mangá) e publicar na consagrada Shonen Jump (não por acaso, a revista que edita a série no Japão). O mangá estreou em 2008 e já rendeu 13 encadernações, fora uma série em animê.

Mas muito antes de Bakuman, um mangá adulto quase desconhecido no ocidente já explorava os bastidores da indústria dos quadrinhos no Japão. É Henshuu Ou, que já foi tema de postagem aqui no blog.


ULTRAS ORIGINAIS E SPECTREMAN EM DVD e BLU-RAY
Por essa ninguém esperava. Uma empresa estreante, a Masterpiece HD começou a divulgar nesta semana que irá lançar DVDs e Blu-rays das séries originais de Ultraman, Ultraseven e O Regresso de Ultraman (da Tsuburaya Pro) e também Spectreman (da P-Pro, adquirida pela Tsuburaya). 


Segundo representante da Masterpiece, os direitos foram negociados com a empresa Tiga Corporation, representante da UMC, companhia que adquiriu os direitos de distribuição dos Ultras clássicos no mundo todo, exceto Japão. Isso após longa batalha judicial cheia de reviravoltas e que envolveu a UMC, a Tsuburaya e a Chaiyo, empresa tailandesa que tentou até produzir um Ultra próprio com base em um obscuro contrato de licenciamento da década de 1970. Com a situação aparentemente resolvida em tribunais a favor da UMC (fato desmentido pela Tsuburaya), o terreno está livre para uma série de lançamentos oficiais há muito aguardados. Os primeiros DVDs devem ser lançados em agosto, tanto em volumes individuais quanto em caixas especiais. 

Confira no site JBox a notícia, declaração oficial e repercussões sobre os lançamentos.

MAIS ULTRAS NO BRASIL
Em outra notícia relacionada, a Focus Filmes irá lançar filmes modernos dos Ultras, estes sim negociados direto com a Tsuburaya. Os primeiros a serem lançados são os especiais de cinema de Ultraman Dyna (com participação de Tiga) e Ultraman Gaia (com aparições de Tiga e Dyna). 


OTAKISMO
Criado por Kauê Antonioli, o blog Otakismo é composto por densas análises sobre vários aspectos da cultura pop japonesa e seu povo. As postagens se enveredam pela História, sociologia e psicologia, com suas análises sobre aspectos polêmicos e controversos. 


Recomendo uma leitura atenta desse blog, em especial um de seus artigos mais contundentes, chamado Paranoia Agent: Cultura kawaii como resíduo da cortina nuclear. Trata-se de um estudo social feito a partir do animê Paranoia Agent, cultuada série de TV do falecido diretor Satoshi Kon


quarta-feira, 20 de julho de 2011

CLIPE MUSICAL: HERO ~ Holding out for a Hero (YUKI KATSURAGI)

"Holding out for a Hero" foi um grande sucesso da cantora Bonnie Tyler, lançado em 1984 como parte da trilha sonora do filme Footloose. No Japão, também se tornou uma canção bastante popular, graças à versão gravada pela cantora Yuki Katsuragi, de voz rouca e poderosa. Aqui, um belo registro de "Hero" em um programa de TV da época. Sem muita produção, sem figurinos extravagantes, sem efeitos pirotécnicos. Somente uma artista fantástica e sua grande voz.




quinta-feira, 14 de julho de 2011

BOLETIM SUSHI POP - 1

AÇÃO MAGAZINE
Começa nesta sexta, dia 15, mais uma edição do Festival do Japão, evento paulista que une tradição, cultura, música, gastronomia, moda e cultura pop japonesa numa grande festa para toda a família. E o Festival deste ano é bastante significativo para os batalhadores dos quadrinhos nacionais, pois acontecerá o pré-lançamento da revista Ação Magazine, a mais ousada proposta de HQ nacional – seja em qual estilo for – já concebida, uma tentativa de estabelecer aqui o formato japonês de antologias com várias séries simultâneas.


Já falei bastante aqui sobre essa publicação e torço pelo seu sucesso. Depois do pré-lançamento, a revista terá uma tiragem vendida em bancas a partir de setembro. Infelizmente, não poderei viajar para prestigiar o evento, mas fica aqui minha torcida para o Alex Lancaster, Fabio Sakuda e toda a equipe da Ação Magazine. A revista terá 160 páginas (cor e p/b), formato 16 x 23cm e vai custar R$ 9,90


Veja endereço, horários e atrações do Festival do Japão no site oficial:
www.festivaldojapao.com 


ULTRAMAN SAGA
O blog JEFusion divulgou o panfleto e algumas informações sobre o próximo filme dos Ultras, a ser lançado somente no ano que vem com o título Ultraman Saga. Novamente, o destaque é Ultraman Zero, o filho de Ultraseven. Ao seu lado, Ultraman Dyna e Ultraman Cosmos, personagens que fazem parte de linhas cronológicas diferentes de Zero. Dyna já havia aparecido no “universo clássico” no filme Ultra Galaxy Legends, onde se explica que ele está numa jornada em busca de seu lar, uma dimensão paralela onde somente ele e Tiga restaram de uma raça de gigantes similares aos Ultras. O personagem misterioso que aparece ao centro, atrás de Zero, deve ser o tal Ultraman Saga, e não será surpresa se ele surgir com a fusão de Zero, Cosmos e Dyna. O vilão será da raça Zetton, que deu muitas dores de cabeça ao primeiro Ultraman e alguns sucessores. 


Os próximos meses devem trazer muitas novas informações sobre o filme e conforme o tempo permitir, irei tecer comentários sobre o que esperar dessa nova empreitada da Tsuburaya Pro. Enquanto isso, prossegue a exibição no Japão do programa Ultraman Retsuden (Biografias), que tanto celebra 45 anos de produções quanto prepara o terreno para o novo filme, que será lançado em versões 2D e 3D.

Site oficial: www.ultramansaga.com


SCANDAL
Uma das bandas japonesas que mais chamou minha atenção ultimamente é a SCANDAL. Diferente do coral caça-níqueis formado por beldades conhecido como AKB48, a SCANDAL tem um trabalho autoral e é formado por garotas que cantam, tocam e criam suas próprias músicas. 


Depois do tema do animê 3D Tofu Kozo, elas foram anunciadas para a trilha de um filme chamado Rabbit Horror 3D, inspirado em Alice no País das Maravilhas. Fãs de terror nipônico devem acompanhar as notícias sobre esse filme, que deve ser bastante comentado e aguardado. Baby Action, seu terceiro álbum, sai em agosto no Japão, coroando uma grande fase para as garotas. 


DESABAFO DE ARTISTA
Luiz Di Vasca é um ilustrador que, como eu e tantos outros, vive ouvindo ou recebendo as mais indecorosas e estapafúrdias propostas de trabalho. Tudo por causa de uma percepção equivocada de que quem vive de arte não precisa de dinheiro, ou que só trabalha por prazer.

Chorei de rir com algumas postagens, de tanto que me identifiquei. Di Vasca tem um humor corrosivo e direto, não recomendável a pessoas sensíveis. Me faz um bem danado ler o que ele escreve, até porque já vivi muitos casos parecidos. Se você também vive de arte, recomendo uma conferida. As risadas serão muito mais conscientes.

divasca.blogspot.com
*************************

Nota: Originalmente, este não é um blog de notícias e quem acompanha sabe que posto pouca coisa nesse sentido. Eu teria que ter um bom tempo para me dedicar a isso e, quando posto alguma notícia é para aprofundar um pouco no assunto, tecer opiniões e colocar os temas no contexto. Apenas reproduzir o que outros sites divulgam não acrescentaria nada. No entanto, vou testar um formato meio intermediário. Tentarei colocar uma nota semanal com algumas notícias devidamente comentadas. Vamos ver se agrada e se consigo manter o ritmo. 


terça-feira, 12 de julho de 2011

Perfil: Masaki Kyomoto - Ator, músico e empresário

Masaki Kyomoto como o sombrio
guerreiro Kiba (2011)
Masaki Kyomoto é um profissional multimídia, que tem tido uma carreira bastante diversificada, como ator, dublador, músico, diretor e empresário. No Brasil, entretanto, tem poucos trabalhos conhecidos. Em Kamen Rider Black (1987), foi o agente da Interpol Suda Ryosuke (Ryosuke Taki, no original), que aparece ajudando o herói da série. O personagem tinha potencial para roubar a cena e ser um coadjuvante de peso, mas foram apenas dois episódios. 

domingo, 10 de julho de 2011

PORTFÓLIO ON-LINE

Portfólio e currículo on-line:
Site Nagado.com atualizado
Depois de um bom tempo sem atualizar e depois de várias dores de cabeça com hospedagem do site, atualizei meu portfólio on-line. 


Não me considero webdesigner, apenas fiz algo básico, com um programa de edição de HTML. O site continua bem simples e direto, servindo para facilitar e incrementar contatos profissionais, algo essencial quando se trabalha como free-lancer. 


Quando puder, confira: nagado.com 


Afiliados Cursos 24 Horas





Cursos Online 24 Horas

quarta-feira, 6 de julho de 2011

LEDD - NOVA HQ NACIONAL UNE MANGÁ E RPG

Ledd: Novo mangá nacional baseado
no RPG Tormenta.
Apesar das incertezas de sempre do mercado de HQ nacional, não faltam os persistentes. Agora é a vez de um respeitado escritor veterano do mundo do RPG, o J.M. Trevisan (roteiro) e do iniciante – e muito talentoso – Lobo Borges (arte) lançarem seu projeto pessoal. 

A empreitada é ousada. A série de mangá nacional Ledd (derivada do universo de RPG Tormenta), terá episódios disponibilizados gratuitamente na internet. Depois, a Jambô Editora irá lançar esses quadrinhos em edição encadernada. Através do site oficial, os autores também poderão receber doações voluntárias. 

É uma iniciativa bastante arriscada, com muito trabalho dedicado e de retorno somente a longo prazo, mas que foi a opção escolhida pelos autores para tentar algo diferente. Li o primeiro capítulo e o material é divertido e promissor, mesmo para quem não joga ou é familiarizado com o mundo do RPG, como é o meu caso. E é difícil ver uma HQ on-line com um projeto comercial estabelecido e claro. Vamos ver como o mercado reage. Por enquanto, convido meus leitores a visitar o site oficial no dia 9 de julho e conferir essa mais nova empreitada dos quadrinhos nacionais. E que venha aqui comentar o que achou. 

Abaixo, o texto de divulgação que recebi:

LEDD
Press Release


Ledd é uma nova série em quadrinhos mensal baseada no mundo de RPG Tormenta, o mesmo da premiada Holy Avenger. O roteiro é de J.M. Trevisan (Tormenta, Dragão Brasil, revista Rolling Stone Brasil) e a arte é do estreante Lobo Borges

Inspirada nos mangás de aventura e nos RPGs, a história conta a jornada do personagem título em busca de seu passado e da resposta para os mistérios que cercam sua vida, em companhia de um parceiro que faz magias usando um ingrediente um tanto... diferente.


Usando um modelo inédito no país, Ledd será disponibilizada gratuitamente para leitura online em edições de 24 páginas, com a possibilidade de contribuição voluntária por parte dos leitores. Mais tarde os episódios serão reunidos em versões encadernadas à venda nas livrarias, com produção da Editora Jambô. Essas edições trarão uma porção de extras, como primeiras páginas coloridas, histórias de bastidores, esboços de personagens e etc.


* O primeiro episódio de Ledd vai ao ar na virada do dia 8 para o dia 9 de julho, à meia-noite, no site oficial: www.leddhq.com.br


* Para manter-se informado sobre a série e concorrer à arte original que será sorteada esta semana, siga @LeddRPG no Twitter.


* Aproveite também para checar os previews de Ledd na página do Facebook:
www.facebook.com/leddhq


Compre importados através da Play-Asia:


terça-feira, 5 de julho de 2011

ULTRAMAN - AS NOVAS PRODUÇÕES E O DIA DO HERÓI

Ultraman Retsuden, uma série feita
para celebrar 45 anos de aventuras
ZERO DESVENDA O  UNIVERSO ULTRA


A imagem ao lado faz parte da divulgação da nova série Ultraman Retsuden (Biografias), que estreia nesta quinta (dia 6 de julho), às 18h00 (06h00 no Brasil), na TV Tokyo. A produção é comemorativa pelos 45 anos da franquia Ultra e vai consistir em seleções de momentos marcantes para os personagens. A jornada será conduzida pelo Ultraman Zero, novamente dublado por Mamoru Miyano. O universo Ultra será explorado em sua totalidade, unificando diferentes cronologias. E nesta série, não faltarão cenas inéditas, mostrando Zero se encontrando com outros heróis, como Ultraman Cosmos. Vários atores que marcaram época na franquia irão aparecer, fazendo dessa produção algo bem mais interessante do que meras colagens de cenas. 


Vale lembrar que, originalmente, nem Ultraman (1966) e nem Ultraseven (67) seriam séries interligadas. O conceito foi oficializado somente em O Regresso de Ultraman (71). Na década de 1970, foi estabelecida uma tênue linha cronológica para as séries originais. Depois, isso foi esquecido e as produções sequer mencionavam uma ideia de que os gigantes de M-78 haviam visitado a Terra algum dia. O próprio conceito de Planeta Ultra foi sendo deixado de lado, pois Ultraman Tiga (1996) teve uma origem bem diferente, assim como os que se seguiram diretamente a ele. Porém, o tempo passou e os fãs antigos passaram a representar um público importante para a Tsuburaya Productions. Ultraman Möebius (2006) trouxe os antigos Ultras (e seus atores originais) de volta e muitas séries foram desconsideradas para efeito de cronologia. 


Com a Tsuburaya deixando de se administrada pelos herdeiros do criador Eiji Tsuburaya e com a chegada do produtor e roteirista Yuichi Abe, novas perspectivas foram abertas. O longa Ultra Galaxy, de 2009, unificou várias linhas de continuidade, mostrando Ultras como Great (1990), Powered (93) e Max (2005) coexistindo com os Ultras originais. Até mesmo Ultraman Dyna (1997), que era claramente de outra cronologia, foi trazido para se reunir com os demais. Com a "desculpa" da existência de dimensões paralelas e realidades alternativas (recurso antigo dos quadrinhos estadunidenses, especialmente da DC Comics), todos os personagens poderiam aparecer juntos, criando novas possibilidades e infinitas combinações de merchandising. Depois de Ultra Galaxy, Yuichi Abe declarou que gostaria de trazer de volta outros heróis da produtora, e foi o que fez, com versões upgrade de Mirror Man (agora, Mirror Knight), Fireman (agora Glenfire) e Jumborg Ace (agora Jean-Bot). E depois do longa de Ultraman Zero no final de 2010, novidades foram anunciadas, conforme matéria anteriormente publicada neste blog. Ainda não se sabe, entretanto, quantos episódios deverá ter Ultraman Retsuden. 


Site oficial: Ultraman Retsuden 


Ultraman Zero, Mirror Knight, Jean-Bot e
Glenfire formam a Ultimate Force Zero
KILLER - THE BEATSTAR: UM NOVO DESAFIO 


Em breve, deverá ser anunciado um novo longa para o final do ano. Como preparativo, a Tsuburaya irá lançar em novembro e dezembro dois especiais em DVD e Blu-ray, repetindo uma fórmula que tem se consolidado. Agora, é a vez de Ultraman Zero Legends - Killer, The Beatstar. O vilão é originário da série de Jumborg Ace, tendo sido o personagem que venceu o herói original. A primeira imagem divulgada já mostra que a equipe Ultimate Force Zero irá voltar à ação, nessa minissérie que também trará de volta os exploradores da ZAP Spacy, da saga Daikaiju Battle (Batalha dos Monstros Gigantes). 


Com dois grandes e aguadados aperitivos, espera-se para o final do ano um filme à altura da comemoração pelos 45 anos da mais antiga e tradicional linhagem de super-heróis japoneses. Em breve, quando o novo filme for anunciado, confira mais informações neste blog. 


Aos 72 anos, Susumu Kurobe
ainda é o eterno Ultraman
DIA DO ULTRAMAN

A Tsuburaya está promovendo o "Dia do Ultraman" como sendo 10 de julho. Foi nesse dia que foi exibido o especial (ainda em preto-e-branco) que apresentou pela primeira vez ao público japonês o super-herói Ultraman e o elenco da série, que estrearia no dia 17 de julho de 1966. 



A produtora está divulgando várias atividades e promoções para esse dia, em Tokyo, mas uma das mais concorridas deve ser a sessão de autógrafos com direito a foto e aperto de mão com o ator Susumu Kurobe, o Hayata. 


Aos 72 anos, o veterano ator fez a voz do Ultraman no filme do Zero no final de 2010 e em maio passado atuou como Hayata numa apresentação teatral. É obrigatório que ele participe, ao menos um pouco, do novo filme a ser anunciado. Vamos aguardar mais informações.