7_Visual_Kei CDJapan

quinta-feira, 10 de março de 2011

VAPT E VUPT, DE MARCIO BARALDI

O cartunista Marcio Baraldi é um dos mais produtivos e premiados do país em sua área. Oriundo da combativa imprensa sindical (onde atua até hoje), concilia trabalhos para clientes diversos e ainda arranja tempo para ser editor do Bigorna.net, referência sobre quadrinhos e quadrinhistas nacionais.

De tempos em tempos, lança com caprichadas coletâneas de seus trabalhos, brindando seus leitores com peças de colecionador trabalhadas com muito entusiasmo. O mais recente desses álbuns é Vapt e Vupt, uma dupla de passarinhos com muito a ensinar sobre a incoerente e muitas vezes patética condição humana.

Os personagens, veiculados na revista Espiritismo e Ciência (Ed. Mythos) e com passagens em outros títulos de filosofia espírita, se prestam à divulgação da doutrina kardecista, mas também falam sobre ecologia, comportamento e problemas sociais, sempre com o traço alucinado de Baraldi. Com suas inocentes inquietações e questionamentos sobre as loucuras e excessos da humanidade, Vapt e Vupt levam a um riso muitas vezes seguido de uma reflexão incômoda. É um Baraldi ligeiramente diferente daquela imagem de molecão que caracteriza a maioria de seus trabalhos mais conhecidos. 

Cada página traz ou uma charge ou historinha curta, sempre convidando a uma reflexão. Muitas páginas abordam a doutrina espírita, sendo de interesse maior para simpatizantes e servindo de apoio a educadores dessa religião. E tantas outras páginas têm um apelo mais universal, onde convivem tanto o Baraldi mais anárquico quanto o mais reflexivo, que usa de seu humor direto e sem rodeios para cutucar feridas sociais. Aliás, cutucar não, e sim dar uma porrada bem dada nas feridas, pra ser bem claro.

O álbum foi lançado no final de 2010, comemorando os 15 anos da série. Com Vapt e Vupt, Marcio Baraldi alcança um novo patamar em sua carreira, sem deixar de lado as características de seu trabalho, tantas vezes premiado e reverenciado. 



VAPT E VUPT
Formato: 21 x 28cm, com 50 páginas
Editora: HQM Editora / GRRRR!..

Site oficial:
****************************


UM DEPOIMENTO PESSOAL SOBRE O BARALDI

Marcio Baraldi, o cartunista mais
rock´n roll do Brasil.
Conheço Marcio Baraldi há vários anos, mas em geral a gente só se encontra trombando por aí em eventos (coisa que não faço há um bom tempo...). Até já fomos juntos a um programa de TV para sermos entrevistados, alguns anos atrás. Baraldi e eu temos em comum a profissão, a paixão pela HQ e pelo rock e um grande respeito mútuo. Profissionalmente, já estivemos mais de uma vez defendendo posições opostas. Por trabalhar com HQ institucional, muitas vezes já escrevi e desenhei cartilhas e gibis com a visão do empresário, do empregador. Enquanto, do outro lado, Baraldi era contratado para desenhar charges – sempre impiedosas e viscerais – atacando a visão patronal. Isso aconteceu ao menos duas ou três vezes, que eu me lembre, e é difícil encontrar "adversário" mais duro de enfrentar, mesmo que eu não estivesse defendendo a visão patronal, apenas comunicando normas e procedimentos de modo didático conforme solicitado. 

Obviamente, meu trabalho de HQ institucional nada tem a ver com posições políticas, somente com agenda profissional. E falando em posicionamento, em questões políticas nós divergimos razoavelmente, pois ele se posiciona muito mais à esquerda do que eu. Ambos somos espiritualistas, mas eu sou católico apostólico romano, do tipo que entende as profundas diferenças filosóficas e teológicas entre o que eu acredito e o que o Baraldi prega com seu trabalho em Vapt e Vupt. E ainda assim, nunca, em hipótese alguma, consigo pensar no Baraldi como alguém numa trincheira oposta, mas sim num exemplo a ser seguido. 

Valores éticos e morais, respeito ao pensamento democrático e muita paixão pelo trabalho mostram que a arte – mesmo quando aplicada profissionalmente - está mesmo acima das diferenças que poderiam nos afastar. E por isso, digo com orgulho e convicção que o Baraldi é meu colega de ofício, vocação e fé. 

5 comentários:

Marcio disse...

VALEEEEUUUU,MANNNNN!!!!FICOU LINDO ESSE TEXTO!!!!MUITO BONITO MESMO!!!
MUITO OBRIGADO E SUCESSO PRA NOIS!
ABRACAO!
MARCIO

Ana Claudia disse...

Muito legal esse texto.O Baraldi merece.parabens.

edu disse...

baraldao e dez!....muito a pampa mesmo...

Andrea disse...

Eu tenho esse livro,é muito bom.Inteligente e divertido.Parabéns.Parabens pelo blog tambem,muito legal.

Virginia disse...

Parabens, Marcio.Mais um grande livro na sua carreira.
Bjs