7_Visual_Kei CDJapan

quarta-feira, 23 de março de 2011

JAPÃO: ESPERANÇA E ARTE (Parte II)

O mundo continua acompanhando bastante preocupado as notícias sobre o Japão. O desastre nuclear que se seguiu ao terremoto e tsunami está em andamento ainda não foi totalmente dimensionado. Ainda estão contando os mortos de 11 de março (que já passam dos 24 mil), racionando energia, enfrentando problemas sérios de abastecimento em algumas cidades e milhares de sobreviventes estão em abrigos improvisados. E a contaminação nuclear tem aumentado, criando o que pode ser mais um pesadelo nuclear para o povo japonês, espalhando morte e doenças. Só resta repassar informações úteis, bem como fazer colaborações em dinheiro e divulgar as formas de ajuda real. E, para os que têm alguma crença, orar muito.


Por causa do violento trauma dos desastres, obras com cenas de tsunamis e terremotos estão sendo editadas, suspensas ou recolhidas. É até compreensível, dado o momento.


Lá no Japão, não se viu charges ou ilustrações comentando a tragédia de forma bem-humorada ou neutra. A situação é terrível e os artistas estão mobilizados para arrecadar ajuda e encorajar as pessoas. Além dos esforços divulgados na primeira parte desta postagem, outras foram anunciadas. 


Por iniciativa do ator Teruaki Ogawa (Ninja Red em Kakuranger), foi criada uma conta no Twitter para que os heróis de várias gerações postassem mensagens, a @tokusatsuheroes. O detalhe é que são os próprios atores  que escrevem em nome dos personagens. O site Over-ti.me tem feito a tradução das postagens para o inglês. Uma das postagens, do ator Shunji Igarashi, está bem de acordo com o espírito do momento e com o personagem que interpretou. Diz o seguinte:


"Pessoas que sorriem se enchem de poder. Com esse poder você pode se erguer. Não esqueçam de seus sorrisos!" - Mirai Hibino/ Ultraman Möebius


Outro movimento de uma classe artística veio da equipe de autoras de mangá da revista Margareth, que anunciaram uma publicação especial para arrecadar fundos para os sobreviventes. Ainda sobre mangá, um grupo de mais de 50 autores irá participar de ações promocionais no evento Digital Manga Matsuri, que ocorrerá na cidade de Utsunomiya, no dia 3 de abril. A lista inclui até venerados mestres como Rumiko Takahashi (Inu-Yasha, Ranma 1/2), Tetsuya Chiba (Ashita no Joe), Monkey Punch (Lupin III) e muitos outros.


Na internet, Akira Toriyama (de Dragon Ball e Dr. Slump) criou uma vinheta para enviar mensagem às vítimas. Graças ao sistema de publicidade do YouTube, cada vez que o vídeo é assistido, aumenta a arrecadação que será integralmente repassada às vítimas. Veja o vídeo (que só tem 35 segundos) clicando aqui.


O momento é grave, sério e está mobilizando toda uma nação. A catástrofe e os problemas são localizados, apesar da imprensa fazer parecer que o país todo foi devastado, mas todos foram, de certa forma, atingidos. E é nesses momentos que a força, união, educação e disciplina do povo japonês fazem a diferença. 


É também de Akira Toriyama uma ilustração (vista logo acima), aparentemente inocente, que resume bem o espírito japonês. Nela, Goku e Arale (seus dois personagens mais famosos) gritam em uníssono:
"Ganbarê!!". - "Esforcem-se!"



****************************************


COMO AJUDAR O JAPÃO: 
Para quem está no Brasil, a melhor forma de ajudar é através de depósito bancário. Três entidades tradicionais da colônia japonesa criaram contas no Banco do BrasilSantander Bradesco

Veja a relação completa de contas no site da Made in Japan aqui
As contas ficarão ativas até o final de abril, período considerado o mais crítico e carente de captação de recursos para necessidades mais imediatas. 



Mesmo que sua contribuição seja pequena, ela é importante. Colabore. 

2 comentários:

Uber disse...

Oi, Nagado! Desde sua entrevista no JBox estou lendo seu blog aqui quietinho e não resisti de comentar neste seu post que li hoje.
Além do vídeo da Genkidama existe um outro que aparece no final que é de uma banda de japonesinhas AKB48 que funciona da mesma forma: http://www.youtube.com/watch?v=mHoZdd6NY08&NR=1.
Parece que cada integrante fala: Ganbarê, Nippon!

Alexandre Nagado disse...

Boa dica. A AKB48 é bastante popular entre os jovens japoneses. Elas fizeram uma doação milionária para apoio às vítimas (não lembro o valor, mas era considerável) e acabaram também gravando mensagens. Um bom exemplo de solidariedade.

Ah, e obrigado por acompanhar o blog. Abraços!