quarta-feira, 31 de março de 2010

OTAKUS versus GLOBO e WALCYR CARRASCO

Um boato recente que circulou pela internet é o de que o autor de novelas Walcyr Carrasco teria ido ao Japão para fazer pesquisa para sua próxima novela. Algumas fotos que ele mostrou deixaram uma parte mais apressadinha e influenciável da "comunidade otaku" ressabiada, pois mostraram cenas de um bairro jovem de Tóquio. Começou a correr o boato pelo Twitter de que o tema da próxima novela das sete (normalmente cômica) seria sobre cultura pop japonesa e logo a coisa ganhou ares de histeria coletiva. O medo dos otakus (os que se dizem fãs de mangá e animê) era serem vítimas de gozação e desrespeito por parte da TV Globo e resolveram partir para o ataque sem saber até os motivos.

Conforme eu respondi no Formspring, acho que poderia até vir bobagem, rolar estereótipo e erros de interpretação, mas tinha que esperar pra ver. Porém, muitos otakus se sentiram ofendidos por antecipação por TEREM CERTEZA DE QUE A NOVELA IRIA MEXER COM CULTURA POP E QUE IRIA SER PRECONCEITUOSA. Daí, com uma idéia PRÉ-CONCEBIDA, começaram um movimento louco de mensagens pedindo boicote à Globo, além de xingamentos, ofensas e agressividade contra o autor. E pela inteligente resposta do Walcyr Carrasco, divulgada no blog JapanPop Cuiabá (entre outros), a cultura pop japonesa nem será o tema da próxima novela. Talvez até apareça, vai saber, mas não será o tema central. O resultado é que mais um boato de internet foi desfeito e os fãs que entraram nessa de atirar primeiro e perguntar depois se sentiram idiotas, compreensivelmente. E passaram uma péssima imagem ao autor. Viraram fanáticos xiitas, bradando contra Satã, digo, contra a Globo, por se acharem perseguidos por uma sociedade preconceituosa. Quem vive dizendo que quadrinhos e desenhos animados não são só para crianças deveria agir de forma um pouco mais madura.

Por isso eu evito muito usar a palavra fã, que me lembra fanático, algo não muito saudável mentalmente.

Sempre digo que "otaku" tem significados diferentes no Brasil e no Japão e que lá, o termo é pejorativo e indica gente com problemas de sociabilização dedicadas a um hobby. 

Mas, pensando bem, aqui está ficando pior.

5 comentários:

@bulmah disse...

Belíssimo post meu caro!
É oq eu penso sobre a absorção da palavra Otaku aqui no Brasil por parte dos "Fãs".
Eles só estão seguindo ao pé da letra oq a palavra relamente significa!
Eu digo e repito: ser otaku ñ é o mesmo q ser apreciador da cultura japonesa, seja mangá ou anime.

Hakeru-chan disse...

Pessoas que REALMENTE sabem do que estão falando quanto à cultura do anime e mangá é outra coisa...

Nada como uma opinião sensata nesse mundo de otakus (?) flammers que se acham donos da verdade só porque leram um monte de mangás e viram um monte de animes.

Eu li e leio vários mangás e vi e vejo vários animes, me chamo de otaku por conveniência... mas desde ontem está me dando vergonha de me denominar assim. Cheguei a mandar mensagens de desculpas pro Walcyr (que nem sei se leu, mas enfim) pelos otakus ignorantes que acabam por manchar a imagem de todo 'fã' de anime e mangá.

Acho que agora era a hora de fazer uma hashtag de redenção. Ok, a meleca já foi feita, mas ao menos os bons admiradores de animes e mangás poderiam mostrar pro Walcyr, pra Gloria Perez e outros que não são um bando de dementes. Porque se a imagem era preconceituosa antes, agora só piorou.

Ana Recalde disse...

Até ontem eu nem sabia dessa "polêmica". Mas não apenas os otakus vão na onda de alguns hoax, muita gente acaba acreditando na primeira fonte que vê.
Enquanto não tivermos um internauta um pouco mais maduro isso vai acabar acontecendo sempre.

Cih Gackt_Cat disse...

Eu só fiquei sabendo dessa história hoje,pelo meu namorado porque um colega nosso também se sentiu ofendido com essa história..
E só digo uma coisa...RIDÍCULO o que esses ditos "otakus" fizeram contra o autor! u.u
Nem se sabe se realemte vão falar disso..
Nao é a toa que pensam que todos os fãs de anime e mangá são retardados...u.u'

Caio Murdock disse...

Um péssimo exemplo. Os ditos otakus sofrem de um preconceito provocado em grande parte por eles mesmos.