sexta-feira, 14 de agosto de 2009

DOIS ESTUDOS DE PERSONAGEM

Estes dois sketches são estudos de personagens para uma HQ curta que logo vou começar a esboçar. O roteiro não é meu, e sim do Nick Farewell, com quem já dividi uma HQ-poema faz um tempo, além de alguns trabalhos profissionais.

Tenho buscado parcerias para produzir algum material mais descompromissado e autoral e estou mais interessado (no momento) em me concentrar na arte. Sou mais reconhecido como roteirista de HQ (por conta de muitos trabalhos publicados nos anos 1990) e quero equilibrar um pouco mais as coisas. Claro que a produção dessa HQ pode demorar se minha agenda de trabalhos se apertar demais, mas tenho sentido muita falta de fazer um trabalho mais autoral no traço. Por isso, vou tentar arranjar tempo de todo jeito e, se não tiver ninguém interessado em publicar, posto aqui mesmo no blog.

Querer produzir quadrinhos foi a motivação básica para que eu quisesse ser um desenhista profissional e quero voltar a fazer das HQs uma parte importante da minha vida e motivação artística. Espero ter novidades para mostrar em breve.


4 comentários:

Caio Murdock disse...

Foi isso que motivou o senhor no início? Publicar quadrinhos? O senhor começou desenhando mangá?

Alexandre Nagado disse...

Bom, eu desenho desde que entendo por gente, mas foi depois que aprendi a ler que a motivação maior passou a ser HQ. Quando tinha 7 ou 8 anos, eu desenhava e montava gibizinhos com HQs que eu inventava da Mônica, Mickey, super-heróis Marvel...

O mangá entrou bem depois na minha vida, mas eu gostava dos animês que via na TV e ficava desenhando os personagens desde criança.

Querer contar minhas próprias histórias foi realmente a minha grande motivação para desenhar.

Ah, e não precisa me chamar de "senhor", não.

Abraços!

Nick disse...

Estou bem curioso pelo resultado, Nagado. Acho que essa história tem tudo a ver com seu estilo inclusive. Good Luck. Abraços.

Alexandre Nagado disse...

Espero não decepcionar. A vida aqui está uma correria estressante, mas fazer HQ vai ser minha terapia. Aguarde!