RECADO AOS VISITANTES:

Olá! O blog está de férias, mas já estou trabalhando em novas postagens. O Sushi POP voltará a ser atualizado no dia 1 de agosto (terça), no período da tarde.

O que vem por aí:
- Ultraman Geed, Novo Lobo Solitário, resultado da convocação para trabalhos acadêmicos e mais!

Esteja aqui para conferir. Até breve!

sábado, 11 de julho de 2009

UM DESENHO PASSO A PASSO

Muita gente já me perguntou sobre método de trabalho. Então, achei que pode interessar, especialmente a alguns alunos e desenhistas iniciantes, como eu chego no desenho final.

Entre ilustradores há os que são totalmente digitais. Eles fazem tudo, do esboço à finalização, nas mesinhas digitalizadoras chamadas tablets, com seus mouses em forma de caneta. Outros, usam programas gráficos para gerar vetores ou formas em 3D. E do outro lado, ainda há os que não aderiram ao mundo digital, trabalhando da forma o mais tradicional possível, com canetas, tintas e pincéis. Mesmo esses precisam escanear seus trabalhos e, frequentemente, enviar tudo por e-mail ou entregar em arquivos digitais.


Eu acredito estar no meio do caminho. Eu desenho tudo à mão (com a ajuda de réguas e gabaritos quando preciso), esboçando com lapiseira 0,5mm e grafite B. Depois, finalizo com canetas de espessuras variadas, geralmente da Staedtler e até a Fine Pen da Faber Castell, que é ótima para cartuns.


No exemplo desta postagem, primeiro foi feito um esboço para o cliente aprovar. A personagem é a Jane, da série de quadrinhos institucionais Os Operadores, que produzo para uso interno de uma empresa da área de call center. Depois de aprovado o lay-out, refiz o desenho em papel sulfite, acertando a proporção da figura, que no rascunho estava meio "cabeçuda", e finalizei com caneta. Então, escaneei a folha em alta resolução (300 dpi), ajustei contrastes de traço para que o trabalho ficasse limpo e fiz pequenos ajustes, eliminei sujeiras, etc... Nessa etapa, sempre aproveito para retocar eventuais traços errados. O computador é fantástico para isso, pois antes o desenhista que errasse algum traço tinha que fazer chatos retoques usando guache branco ou corretivos para então arrumar o desenho.

Por último, apliquei cores no Adobe Photoshop e salvei como arquivo PDF, que é o formato que o cliente prefere usar.

Depois, o desenho ainda tem que ser aplicado em uma página diagramada, mas a ilustração em si, com a combinação de desenho manual e acabamento digital, resultou em uma arte simples, porém funcional.

2 comentários:

sarah-chibi disse...

Olá, gostei muito da dica!Achei o desenho muito lindo!
Eu ainda não possuo uma tablet e minhas abilidades ao mouse são horriveis >__>!!
Vou ver se consigo uma tablet ate o fim do ano para pintar dignamente no pc.(Desde pequena digo que vou trabalhar desenahndo mangá e estou correndo atrás!)
Por enquanto estou fazendo mais manhulamente...e ultimamente estou sando de aquarela!
Eis o meu DA:
http://sara-chibi.deviantart.com/

Será que você poderia me sar sua opnião???

kissus =**
By sarah-chibi
JAM-Freak Master

Alexandre Nagado disse...

Oi, Sarah. Acho que você está no caminho certo. O importante é desenhar muito. Posso dar algumas dicas, se me permite:

1) Procure desenhar roupas reais olhando para fotos de catálogos de moda. Isso ajuda a perceber melhor volumes e texturas para que o desenho ganhe naturalidade.

2) Procure em revistas de ginástica sequências de poses para copiar, dando especial atenção a mãos e pés.

3) Procure estudar perspectiva para desenhar carros, eletrodomésticos, móveis, casas, etc...

Desenhar razoavelmente bem um pouco de tudo e não somente o que se gosta mais é o que separa um candidato a profissional daquele que será sempre um amador, que desenha por amor e sem compromisso.

Espero ter ajudado.

Abraços!