segunda-feira, 20 de abril de 2009

DESENHO DE MÃOS

Em cursos e oficinas de desenho, é comum que alunos mostrem personagens com as mãos nos bolsos ou escondidas. O motivo que muitos alegam é que mãos são difíceis. Alguns gastam horas aperfeiçoando efeitos de brilhos nos olhos (especialmente aspirantes a desenhistas de mangá) e fogem de desenhar mãos. As mãos representam uma parte muito importante na expressão corporal. E em alguns casos, desenhar mãos de modo eficiente pode ser decisivo para pegar um trabalho.

Pra quem pede dicas, não dá pra explicar aqui o necessário sobre estrutura das articulações, coisa que faço nas oficinas e cursos, mas tem um treino muito legal que eu sempre recomendo: desenhe a própria mão em várias posições. Depois, copie os desenhos de modo invertido, como se estivessem num espelho. Assim, você desenha por igual as duas mãos, mesmo com uma só posando, a menos que você seja uma das raras pessoas que são ambidestras.

Copiar de fotos também é bem interessante, desde que se faça também a prática de observação de modelo vivo com a própria mão ou de outra pessoa. Muitos iniciantes se empolgam em desenhar só o que gostam mais e perdem a chance de desenvolver sua arte de modo mais abrangente e com melhores chances profissionais.

2 comentários:

Greg disse...

Olá Nagado, tudo bem? Tem um outro macete que aprendi nos tempos de Núcleo de Arte que é usar um espelho para desenhar mãos. Dependendo do ângulo que se quer desenhar fica meio complicado desenhar usando sua própria mão como modelo, nesse caso um espelho pode ajudar. Com o espelho vc consegue desenhar a face da mão oposta a sua visão (o lado do dedo mindinho), e vai parecer que vc está desenhando sua mão direita (no caso dos destros). É isso. Talvez ajude. Abs.

Alexandre Nagado disse...

Fala, Greg! Muito bem lembrado! Essa dica é ótima e cheguei a fazer isso também nos meus tempos de aluno do Ismael.

Está feito o registro. Valeu!

Abraços!