7_Visual_Kei CDJapan

sábado, 6 de dezembro de 2008

CLIPES MUSICAIS: EVANGELION (YOKO TAKAHASHI)

Comecei a trabalhar com cultura pop japonesa por gostar de ler mangás, assistir animês e tokusatsu e também ouvir J-pop e anime songs. A partir de um certo ponto, comecei a ter que conhecer e acompanhar algumas coisas mais por obrigação ou interesse profissional do que por gosto. Entre as coisas que conheci por dever de ofício está a série Neon Genesis Evangelion (1995). Ícone absoluto dos mangás e animês de ficção intelectual, a série não me empolgou muito, apesar de reconhecer sua qualidade e alto nível. Acho que prefiro histórias mais leves e despretensiosas.

No entanto, a trilha sonora me chamou a atenção. As canções são belíssimas e valem por si só uma conferida, independente do animê. Os clipes desta postagem foram retirados do show Super Robot Spirits 2003, um evento que reuniu vários cantores de anime songs, como Ichirou Mizuki, Hironobu Kageyama, Isao Taira e Mitsuko Horie.

Primeiro, Zankoku na Tenshi no teeze (a abertura) e depois, Tamashii no Refrain, ambas com sua intérprete original, a graciosa Yoko Takahashi.



5 comentários:

Takeshi Ishii disse...

Olá Nagado! Aproveitando esse seu texto, ontem assisti a um longa do Studio Ghibli: "Only Yesterday" (Omohide Poro Poro) de Isao Takahata, não sei se você já assistiu, mas vale a pena conferir. Ao contrário do que muitos leigos ainda pensam sobre animês, este é diferente. O tema de encerramento "Ai wa Hana, Kimi wa Sono Tane" é cantado pela popular cantora de Enka MIYAKO HARUMI, a canção combinou muito com esta caprichada produção. A história é muito bonita, mas é necessário ser adulto para compreendê-la completamente. Abraços de um antigo leitor da Herói!

Alexandre Nagado disse...

Leitor antigo da Herói? Puxa, às vezes me sinto um flash-back ambulante, ah ah!

Esse animê do Ghibli eu ainda não assisti. Vergonhosamente, vi apenas Porco Rosso, Mononoke Hime, Lapyuta, Totoro, On Your Mark e Mimi wo sumaceba (um dos meus favoritos). Sugestão anotada. E esse lance da canção é interessante. Tem casos em que a música não combina, parece só jogada da gravadora pra empurrar um single e vender. E tem casos em que a música passa a ser a identidade sonora do filme ou desenho.

Abraços!

Takeshi Ishii disse...

Além da Herói, Omelete e muitos outros lugares q não tô lembrado. hehe. Mas só pra reforçar, "Omohide Poro Poro" é uma produção acertada do diretor Isao Takahata e produzido por Hayao Miyazaki que também assina o roteiro, baseado no mangá de Hotaru Okamoto e Yuko Tone. O tema de encerramento foi essencial para completar a cena final que roda junto da música. Ao contrário de outros filmes do Ghibli, não se trata de uma história fantasiosa, não existem bichinhos, espíritos da floresta ou coisas do tipo, e esta sim, apresenta ausência completa de vilões. Antes, o meu longa predileto do estúdio era "Tonari no Totoro" (a primeira resenha q li sobre este foi na Anime>Do n.02).

M.P. disse...

Recentemente a Takahashi Yoko fez uma participação no CD de duetos do excelente cantor pop-romântico japonês Inagaki Junichi. Nesse CD, Inagaki canta músicas dos anos 70 e 80 em dueto com cantoras. Takahashi Yoko canta "Hello My Friend" originalmente da Matsutoya Yumi. No CD também tem Nakamori Akina (recriando o grande sucesso do Inagaki: "Dramatic Rain"), Matsuura Aya (cantando "Anata ni aitakute" da Matsuda Seiko), Koyanagi Yuki (cantando "Kanashimi ga tomaranai" da Anri) e o resgate de "Momen no Handkerchief" da Ota Hiromi, com a própria intérprete original mantando a mesma afinação de mais de TRINTA anos atrás.

Alexandre Nagado disse...

Excelentes informações, MP!! A Yoko Takahashi merece ser valorizada porque é uma excelente intérprete. Está um degrau acima das inúmeras cantoras de voz estridente que aparecem de baciada no Japão. Seu timbre forte é perfeito para anime songs, mas ela realmente pode cantar de tudo.

Abraços!