quinta-feira, 13 de novembro de 2008

CARTUM

Cartum é, basicamente, o desenho de humor e aqui no Brasil não deve ser confundido com o termo original em inglês "cartoon", que é associado a desenho animado. Mais especificamente, cartum é aquele desenho de comunicação universal, instantânea. Diferente da charge, que é sempre feita dentro de um contexto social ou político sem o qual perde o sentido, o cartum pode ser entendido rápida e facilmente por qualquer um. Sendo uma linguagem gráfica de figuras estilizadas e expressivas, o cartum serve de inspiração para animações e quadrinhos. E também pode ser usado como ilustração, sendo um complemento para um texto jornalístico ou técnico.

Apesar de ter começado minha carreira fazendo cartuns e fazendo isso eventualmente até hoje, não me considero um cartunista. Tendo amigos cartunistas de fato como Marcio Baraldi, Spacca, Bira Dantas, Mastrotti e Cláudio de Oliveira, não me atrevo a me apresentar como cartunista.

Mas eu tento quebrar um galho sempre que preciso, como neste cartum produzido a pedido do amigo Fernando Palmari para uma mostra que ele organizou em Atibaia (SP), em homenagem à imigração japonesa no Brasil.

Nenhum comentário: