Publicidade - Lançamentos Play-Asia

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Temas de séries tokusatsu em versão acústica

Cantor e multi-instrumentista, Fábio Ribeiro faz
bela homenagem aos seus heróis japoneses de infância
Outro dia, descobri um vídeo fantástico no qual um músico brasileiro aparece cantando e tocando em um medley acústico de temas de seriados tokusatsu. Foi lançado originalmente em 2013, mas assim como eu, muitos devem ter deixado passar essa preciosidade e por isso compartilho com os leitores. 

Começando pelo tema de Daileon, o robô do Jaspion, o artista goiano Fábio Ribeiro passa pelas aberturas de Jiraiya, Changeman, Flashman, Jaspion e finaliza de modo arrepiante com o tema em inglês do Spectreman. Gostei tanto que entrei em contato com o autor e consegui um depoimento e entrevista, que apresento aqui no Sushi POP. Mas antes, curta o medley, que ficou legal demais:




terça-feira, 28 de julho de 2015

Almanaque da Cultura Pop Japonesa - 2ª edição

Livro, que foi indicado ao HQ Mix
de 2008, volta em versão digital
O Almanaque da Cultura Pop Japonesa é uma obra que reúne matérias deste que vos escreve e que foram publicadas na revista Herói, no portal Omelete e em diversos veículos de mídia. A ideia é registrar o movimento do mangá, do animê e tokusatsu no Brasil até o início do século XXI, além de mostrar algumas obras que permanecem inéditas no país. 

O livro foi lançado originalmente como obra impressa em 2007 pela editora Via Lettera e teve sua tiragem de 1.000 exemplares praticamente esgotada. Chegou a ser indicado ao troféu HQ Mix de 2008 na categoria "Melhor obra teórica". 

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Ultraman X - Começa a aventura!

Ultraman X chega com exibição simultânea
em vários países, um marco para as séries
tokusatsu e o Universo Ultra
Ultraman está voltando a ser um assunto quente, ganhando espaço na mídia. Pela primeira vez, um seriado tokusatsu é exibido no Brasil quase que simultaneamente em relação ao Japão, graças ao site de streaming Crunchyroll, que trouxe Ultraman X, o mais novo herói da franquia Ultra. O seriado chegou mostrando qualidade e muito potencial. 

domingo, 19 de julho de 2015

ULTRAMAN - Uma versão moderna do clássico herói, em quadrinhos

Um novo olhar sobre um dos mais
icônicos super-heróis japoneses

Ontem, durante o evento Fest Comix, a Editora JBC anunciou que vai lançar, ainda neste ano, o aclamado mangá ULTRAMAN, de Eiichi Shimizu (roteiro) e Tomohiro Shimoguchi (desenhos). Lançado no Japão em 2011 e ainda em produção, trata-se de uma nova versão do herói, com novas abordagens e muitas surpresas para fãs de longa data.

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Dica musical: O rock essencial do trio doa

doa - Rock japonês com som universal
O nome doa não é dos mais conhecidos pelos fãs de pop e rock do Japão, mas qualidade não falta. Banda de pop-rock e folk formada por dois experientes músicos de estúdio e um piloto de corridas com uma voz poderosa, o doa é conhecido entre fãs de Ultraman no mundo todo por ser deles a canção "Eiyuu" [英雄 - "Herói"], a primeira abertura da cultuada série Ultraman Nexus, de 2004.

segunda-feira, 13 de julho de 2015

Tokyo Danger: Desenhistas brasileiros homenageiam heróis do tokusatsu

Em Campinas (SP), está rolando a exposição Tokyo Danger, dentro da Pandora Escola de Artes. O tema é uma homenagem aos heróis de seriados live-action com efeitos especiais (tokusatsu), que marcaram diferentes gerações de fãs brasileiros. 

quinta-feira, 9 de julho de 2015

Bate-papo: O mercado de quadrinhos no Brasil

Excelente livro de
Roberto Guedes relata os altos e
baixos da produção de
super-heróis no Brasil.
Heróis de verdade
são os autores.
Gostaria que você dissertasse um pouco a respeito da situação atual dos quadrinhos no Brasil. Com os anos de experiência que você tem trabalhando nesse meio, acredita que existe alguma possibilidade de um dia o nosso mercado crescer a ponto dos autores brasileiros não precisarem fugir do país para conseguirem viver da sua arte? Em caso positivo, o que você acha que falta para isto acontecer?
- Gabriel Silva


Olá, Gabriel. Bom, aguenta que lá vem "textão". 

A questão de ser viver de fazer HQ no Brasil é complicada. Costumo dizer que a indústria dos quadrinhos no Brasil começou imprimindo material estrangeiro por ser mais rentável e assim ficou, acomodada em comprar obras prontas. 

terça-feira, 7 de julho de 2015

Google homenageia o diretor japonês Eiji Tsuburaya

Com um divertido Doodle, o Google presta homenagem a um dos mais influentes diretores japoneses, Eiji Tsuburaya, na data de seu 114º aniversário.

Google homenageia o lendário diretor
de efeitos especiais Eiji Tsuburaya

Em 7 de julho de 1901, nascia no Japão o diretor de efeitos especiais Eiji Tsuburaya, famoso por seu trabalho no clássico Godzilla (1954) para a Toho Films e o maior responsável pela criação de Ultraman (1966) e Ultraseven (1967), através de seu estúdio Tsuburaya Pro

sábado, 4 de julho de 2015

Dragon Ball e a Shonen Jump em destaque no UOL

Shonen Jump, uma das
mais importantes revistas
de mangá do Japão
Aproveitando a estreia nos cinemas brasileiros do longa Dragon Ball Z - O Renascimento de Freeza, o portal UOL encomendou comigo duas matérias relacionadas a Dragon Ball. 

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Ataque dos Titãs como metáfora para a volta do militarismo japonês

Ataque dos Titãs: Uma inspiradora aventura pós-apocalíptica
ou um reflexo da situação política e econômica do Japão?

Um dos recentes sucessos do mangá é Ataque dos Titãs, publicado no Brasil pela Panini. De grande repercussão no Japão, o título já foi transformado em animê e agora ganha versão com atores. Com rumores sobre uma possível versão hollywoodiana, é a bola da vez entre as franquias da cultura pop japonesa.

quinta-feira, 25 de junho de 2015

ZETMAN - A jornada de um herói sombrio


Atenção: Revista desaconselhável para menores de 18 anos.

No Japão moderno, Jin Kanzaki é um menino de rua que vive com seu avô e alguns mendigos em meio à opulência de Tokyo. Aparentando 8 ou 9 anos, ele tem uma estranha marca circular na mão esquerda e é extremamente forte e ágil, praticamente um super-humano. Jin usa suas habilidades para ajudar pessoas em apuros na esperança de ganhar recompensas em dinheiro, no que é repreendido por seu avô. O sábio homem tenta transmitir conhecimento e valores para o menino, que se mostra de uma ingenuidade inversamente proporcional à sua força bruta. 

terça-feira, 23 de junho de 2015

Bate-papo: Crise criativa nos quadrinhos japoneses

Os protagonistas de Bakuman e o desafio de criar
boas histórias e que também tenham apelo comercial
Gostaria que você falasse um pouco sobre os quadrinhos japoneses da atualidade, que pelo que eu vejo se rendem cada vez mais à mesmice e falta de bom-senso dos fãs mais alucinados. Nesse ponto, você acha que a coisa vai melhorar daqui a alguns anos ou vai decair de vez?
- Gabriel Silva

Olá! Bom, primeiro eu preciso deixar claro que não acompanho muito o que está saindo atualmente no Japão. E mesmo que estivesse, não há como acompanhar tudo, em todos os segmentos. Corremos o risco de ficar tomando como base somente títulos mais famosos e material mais ou menos recente que saiu por aqui. Ainda assim, dá pra tecer alguns comentários.